Ministério da Mulher e Diversidade Sofre Corte Surpreendente por Milei Ministério da Mulher e Diversidade Sofre Corte Surpreendente por Milei Ministério da Mulher e Diversidade Sofre Corte Surpreendente por Milei Pular para o conteúdo principal

Ministério da Mulher e Diversidade Sofre Corte Surpreendente por Milei

Como parte da redução trimestral dos contratos estatais, o governo do presidente argentino Javier Milei informou ter cortado 85% dos funcionários do antigo Ministério da Mulher, Gênero e Diversidade. Segundo o Ministério da Justiça do país, os trabalhadores que permaneceram serão realocados na Diretoria de Proteção à Família, com a missão de atender todos os argentinos em situações de violência.
A decisão foi recebida com críticas severas por parte dos trabalhadores desligados, que acusam o governo de desmantelar políticas públicas essenciais de combate à violência de gênero. Eles argumentam que o governo Milei será o primeiro desde o retorno da democracia a não contar com um órgão específico para tratar de questões de gênero e diversidade, o que consideram um grande retrocesso nos direitos humanos. Os ex-funcionários destacam que a equipe interdisciplinar da Diretoria de Atendimento Integral aos Casos de Feminicídios, Transvesticídios, Transfeminicídios e Crimes contra a Integridade Sexual foi drasticamente reduzida para apenas dois colaboradores, o que, segundo eles, compromete gravemente a capacidade de resposta a esses crimes.
Além das questões operacionais, os críticos apontam que a medida descumpre compromissos nacionais e internacionais assumidos pela Argentina no campo dos direitos humanos e da proteção de grupos vulneráveis. A ausência de um ministério dedicado exclusivamente a essas questões é vista como um sinal claro de desinteresse e falta de prioridade do governo Milei em relação à igualdade de gênero e diversidade. Por outro lado, o governo defende que a reestruturação visa à eficiência e à redução de gastos públicos, e que a Diretoria de Proteção à Família será capaz de atender todas as situações de violência de forma integrada.
No entanto, as críticas indicam que a eficácia desta abordagem ainda será testada, especialmente diante da complexidade e da gravidade das questões de gênero e diversidade que antes eram tratadas por uma estrutura específica e especializada. A controvérsia em torno dessa decisão reflete a polarização política e social que o governo de Javier Milei tem provocado na Argentina, particularmente em temas sensíveis como os direitos das mulheres e da comunidade LGBTQ+.
A redução drástica no número de funcionários e a redistribuição de suas funções serão acompanhadas de perto por grupos de direitos humanos e pela população em geral, que esperam ver se as novas medidas serão suficientes para proteger os direitos e a integridade de todos os cidadãos.

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado