Gilmar revoga prisão de homem detido com 334 gramas de maconha Gilmar revoga prisão de homem detido com 334 gramas de maconha Gilmar revoga prisão de homem detido com 334 gramas de maconha Pular para o conteúdo principal
;

Gilmar revoga prisão de homem detido com 334 gramas de maconha

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, decidiu revogar a prisão preventiva de um jovem de 19 anos que foi detido com 334 gramas de maconha. A decisão do magistrado foi baseada na argumentação de que a fundamentação para decretar a prisão preventiva do acusado foi genérica. Gilmar Mendes sugeriu ao Juízo de 1º grau que "aplique as medidas cautelares que entender cabíveis".
A primeira instância considerou que a prisão preventiva era necessária devido à "gravidade acentuada" do crime, ressaltando que o tráfico de drogas "funciona como mola propulsora para o cometimento de outros delitos". Acredita-se que a liberdade, mesmo com medidas cautelares, poderia "significar estímulo à continuidade delitiva". Porém, a defesa do jovem argumentou que a fundamentação do juízo foi genérica e inerente ao tráfico de drogas.
O ministro Gilmar Mendes concordou com essa argumentação, afirmando que a decisão do juiz "mostra-se imersa em generalidades e é amparada por elementos que não extrapolam as circunstâncias próprias do crime". Além disso, Gilmar Mendes destacou que o jovem possui trabalho lícito e residência fixa, e não há qualquer indicação de envolvimento em outros crimes ou de que ele faça parte de uma organização criminosa. Esses aspectos foram considerados relevantes para a revogação da prisão preventiva.
Essa decisão do ministro Gilmar Mendes levantou discussões sobre a interpretação das medidas cautelares e a gravidade do crime de tráfico de drogas. Enquanto alguns apontam que a decisão foi acertada ao levar em consideração as circunstâncias específicas do caso e a ausência de indícios de periculosidade do jovem, outros questionam se isso poderia enviar uma mensagem de leniência em relação ao tráfico de drogas. É importante lembrar que as decisões dos ministros do STF são alvo de críticas e debates, pois o Poder Judiciário tem a responsabilidade de garantir a aplicação justa e imparcial da lei. Cada caso deve ser analisado de forma individual, considerando as particularidades e elementos apresentados, buscando sempre a justiça e o equilíbrio entre a proteção da sociedade e os direitos fundamentais do acusado.

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado