Fabio Wajngarten expõe vídeo revelador de Lula e questiona o silêncio retumbante Fabio Wajngarten expõe vídeo revelador de Lula e questiona o silêncio retumbante Fabio Wajngarten expõe vídeo revelador de Lula e questiona o silêncio retumbante Pular para o conteúdo principal
;

Fabio Wajngarten expõe vídeo revelador de Lula e questiona o silêncio retumbante

O advogado Fabio Wajngarten usou as redes sociais nesta sexta-feira (5) para divulgar um vídeo de Lula (PT) onde o ex-presidente fala sobre os presentes recebidos durante seus primeiros governos. Na gravação, Lula menciona que deixou a presidência com 11 contêineres de acervo, incluindo itens como cadeiras, tronos e papéis, afirmando ser o presidente que mais ganhou presentes na história do Brasil devido às suas viagens e ao seu trabalho.
Fabio Wajngarten, ao expor o vídeo, questionou a ausência de críticas e investigações sobre Lula em relação aos presentes que acumulou. Ele contrasta essa situação com a recente onda de indiciamentos envolvendo o ex-presidente Jair Bolsonaro e seus aliados, incluindo ele próprio, no caso da suposta venda de joias da Presidência da República. Nesta quinta-feira (4), Jair Bolsonaro e outros 11 aliados foram indiciados pela Polícia Federal (PF).
Entre os acusados estão assessores próximos do ex-presidente, o ex-ministro de Minas e Energia Bento Albuquerque e o ex-ajudante de ordens da Presidência, tenente-coronel Mauro Cid. Os crimes imputados a Bolsonaro incluem peculato, associação criminosa e lavagem de dinheiro. A operação, denominada Lucas 12:2, foi deflagrada em agosto do ano passado e teve como alvo endereços ligados ao advogado Fred Wassef e ao general Mauro César Lourena Cid, pai de Mauro Cid. Segundo as investigações, Bolsonaro e seus assessores desviaram presentes de alto valor recebidos durante seu mandato para serem vendidos no exterior.
A crítica de Wajngarten sublinha a percepção de um tratamento desigual entre Lula e Bolsonaro por parte das autoridades e da mídia. Ele sugere que, enquanto Bolsonaro e seus aliados são rapidamente indiciados e investigados, Lula não enfrenta o mesmo nível de escrutínio por suas ações passadas. Esta percepção alimenta a narrativa de perseguição política que tem sido uma constante na defesa de Bolsonaro e seus apoiadores.
O contraste entre as situações de Lula e Bolsonaro destaca as tensões e divisões profundas no cenário político brasileiro. Para os apoiadores de Bolsonaro, como Wajngarten, há um sentimento de injustiça e parcialidade nas ações das instituições que deveriam ser imparciais. Já os críticos de Bolsonaro apontam para as evidências de irregularidades como justificativa para as investigações e indiciamentos. Em suma, a exposição do vídeo de Lula por Fabio Wajngarten e suas críticas refletem a polarização intensa na política brasileira, onde cada lado acusa o outro de má conduta enquanto se vê como vítima de perseguição injusta. Essa dinâmica continuará a moldar o debate político no Brasil, especialmente com as eleições de 2026 se aproximando.

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado