Após falar besteira, Lula atribui alta do dólar a uma “especulação contra o real” Após falar besteira, Lula atribui alta do dólar a uma “especulação contra o real” Após falar besteira, Lula atribui alta do dólar a uma “especulação contra o real” Pular para o conteúdo principal

Após falar besteira, Lula atribui alta do dólar a uma “especulação contra o real”

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em entrevista à Rádio Sociedade de Salvador, atribuiu a recente alta do dólar, que fechou na segunda-feira (1º) a R$ 5,65, à “especulação contra o real”. Essa declaração de Lula, ao invés de refletir uma análise econômica profunda, parece ser uma tentativa desesperada de transferir a responsabilidade pela má gestão econômica de seu governo.
Ao afirmar que “há um jogo de interesse especulativo contra o real neste país”, Lula ignora os efeitos negativos de suas próprias políticas econômicas sobre o mercado financeiro. O governo tem gerado incerteza e desconfiança entre investidores com intervenções constantes e uma falta de clareza nas diretrizes econômicas, fatores que naturalmente desvalorizam a moeda nacional.
A insistência de Lula em que “não é normal o que está acontecendo” e que o governo “tem que fazer alguma coisa” sugere uma possível intervenção governamental, mas ele falha em especificar que medidas pretende adotar. Esse tipo de retórica vaga não ajuda a restaurar a confiança dos investidores, mas sim exacerba a insegurança e a especulação.
Quando Lula menciona que não pode revelar suas intenções para não “alertar os adversários”, ele demonstra uma falta de transparência que é prejudicial à economia. O mercado precisa de clareza e previsibilidade, não de mistério e ameaças veladas, que só servem para aumentar a desconfiança e a instabilidade.
O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, tenta tranquilizar o mercado ao dizer que espera que o câmbio se acomode à medida que os processos de decisão sobre gastos do governo sejam concluídos. No entanto, as políticas fiscais expansionistas do governo, sem um controle rigoroso dos gastos públicos, são vistas como uma ameaça à estabilidade econômica. A mera esperança de ajuste fiscal futuro é insuficiente para convencer os investidores. A realidade é que o real apresenta o pior desempenho entre as moedas latino-americanas, o que reflete problemas estruturais na economia brasileira exacerbados pela falta de confiança na gestão econômica do governo Lula. A retórica de Lula, que culpa especuladores e adversários políticos, desvia a atenção dos verdadeiros problemas: a necessidade de reformas estruturais e uma gestão econômica responsável. Portanto, ao invés de procurar culpados externos, Lula deveria focar em implementar políticas econômicas claras, sustentáveis e responsáveis. Transparência, previsibilidade e responsabilidade fiscal são essenciais para reverter a tendência de desvalorização do real e garantir um ambiente econômico mais saudável e estável. A postura atual do governo não só falha em enfrentar os desafios reais, mas também agrava a situação, prejudicando ainda mais a economia brasileira.

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado