Mulher faz grave acusação, processa a Globo e pede indenização milionária Mulher faz grave acusação, processa a Globo e pede indenização milionária Mulher faz grave acusação, processa a Globo e pede indenização milionária Pular para o conteúdo principal
;

Mulher faz grave acusação, processa a Globo e pede indenização milionária

A TV Globo está sendo acusada de invasão de privacidade, difamação e exposição indevida por uma mulher que alega ter sido vítima de termos pejorativos e ofensivos usados pela emissora. Segundo os relatos, a Globo a teria chamado de “prostituta”, “bruxa”, “cobra” e “demônio”, além de expor momentos íntimos de sua vida pessoal de forma constrangedora e humilhante, especialmente envolvendo seu ex-marido. A advogada da requerente sublinha que essas ações causaram danos profundos à saúde mental, bem-estar psicológico, reputação moral e até mesmo à situação financeira de sua cliente. O processo busca uma compensação de R$ 2 milhões, não apenas para reparar os danos sofridos, mas também para destacar os limites éticos que a imprensa deve respeitar. Até agora, a TV Globo não se pronunciou publicamente sobre as acusações. O caso tem potencial para ganhar repercussão nacional e abrir precedentes importantes no campo da proteção à privacidade e da liberdade de imprensa no Brasil. Juridicamente, o processo está em fase inicial e ainda não foram apresentadas provas concretas dos supostos delitos cometidos pela emissora. O desenrolar do caso dependerá da análise detalhada das evidências apresentadas pelas partes e do posicionamento do sistema judiciário brasileiro em relação às delicadas questões de privacidade e direitos individuais. O público e especialistas em mídia acompanham de perto o desdobramento dessa saga judicial, que pode ter impactos significativos nas práticas jornalísticas e nos direitos dos cidadãos brasileiros. O caso levanta questões cruciais sobre os limites éticos e legais da mídia em uma sociedade cada vez mais digital e interconectada.

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado