Militantes da extrema esquerda invadem Assembleia Legislativa. 17 anos de prisão? Militantes da extrema esquerda invadem Assembleia Legislativa. 17 anos de prisão? Militantes da extrema esquerda invadem Assembleia Legislativa. 17 anos de prisão? Pular para o conteúdo principal
;

Militantes da extrema esquerda invadem Assembleia Legislativa. 17 anos de prisão?

Na tarde desta segunda-feira (3), a tranquilidade da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) foi interrompida por um grupo de manifestantes que invadiu suas dependências. A ação tumultuosa ocorreu em meio a um protesto contra o controverso projeto de lei que pretende permitir parcerias entre empresas privadas e a administração das escolas públicas estaduais.
O ato iniciou-se de forma pacífica, porém, rapidamente escalou para uma situação de conflito quando os manifestantes, em um gesto de descontentamento, quebraram uma porta de vidro e adentraram a sede da Alep. O objetivo do grupo era expressar sua oposição ao projeto de terceirização da gestão escolar, considerado por muitos como prejudicial aos interesses da educação pública. A intervenção da Polícia Militar foi necessária para conter a invasão, resultando no uso de bombas de efeito moral e gás de pimenta, conforme relatos da assessoria de comunicação da Assembleia. A medida, embora tenha buscado restabelecer a ordem, também gerou momentos de tensão e desespero entre os presentes. Infelizmente, a ação tumultuada não transcorreu sem consequências. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, três pessoas ficaram feridas durante o tumulto. Entre as vítimas estão duas mulheres, de 23 e 51 anos, e um homem de 24 anos, cujas condições de saúde ainda não foram divulgadas. O momento de caos na Alep coincidiu com um desfecho legislativo importante: a aprovação, pela Comissão de Educação, do projeto de lei alvo do protesto. A decisão, tomada antes da invasão dos manifestantes, gerou ainda mais indignação por parte dos opositores da proposta. Dos sete parlamentares que compõem a comissão, apenas o deputado Professor Lemos (PT) posicionou-se contrariamente ao projeto, demonstrando preocupações com seus possíveis impactos na qualidade da educação pública. Por outro lado, os demais membros, incluindo Hussein Bakri (PSD), líder do governo no Legislativo, e outros representantes como Do Carmo (União Brasil), Denian Couto (Podemos), Gilson de Souza (PL), Luiz Claudio Romanelli (PSD) e Márcio Pacheco (PP), votaram favoravelmente à proposta. A votação da Comissão de Educação, entretanto, não encerrou o debate em torno do projeto. Estão programadas duas sessões plenárias para esta segunda-feira: uma ordinária e outra extraordinária. A expectativa é de que o projeto, se aprovado em primeiro turno, seja submetido à análise na sessão extraordinária, onde poderá receber emendas e ajustes.

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado