Michelle faz forte desabafo sobre ‘lado sujo’ da política, chora e alerta: ‘querem mat** a sua alma’ Michelle faz forte desabafo sobre ‘lado sujo’ da política, chora e alerta: ‘querem mat** a sua alma’ Michelle faz forte desabafo sobre ‘lado sujo’ da política, chora e alerta: ‘querem mat** a sua alma’ Pular para o conteúdo principal

Michelle faz forte desabafo sobre ‘lado sujo’ da política, chora e alerta: ‘querem mat** a sua alma’

As declarações de Michelle Bolsonaro no evento do PL Mulher em Tocantins refletem um sentimento crescente de frustração e indignação entre os conservadores brasileiros, que se sentem perseguidos e censurados no atual cenário político. Sua fala é um grito de alerta sobre a necessidade de maior participação dos cidadãos de bem na política, para combater práticas desonestas e garantir uma representação mais justa e transparente. Michelle destaca a ironia de uma esquerda que prega amor e pacificação, mas que, na prática, recorre a ataques pessoais e à destruição de reputações para silenciar opositores. A menção ao atentado contra Jair Bolsonaro por um ex-filiado do PSOL ilustra o ponto de que a violência e a perseguição não são meras figuras de linguagem, mas realidades que ameaçam a integridade física e moral de figuras públicas conservadoras. A ex-primeira-dama também aborda a importância da vigilância e da participação ativa dos cidadãos, especialmente dos cristãos, no cenário político. Ela critica a inatividade que permitiu que ideologias opostas ganhassem terreno, sublinhando a necessidade de uma política nova e limpa, livre de práticas corruptas e desonestas. A crítica velada a outras primeiras-damas, que ela insinua estarem mais preocupadas com viagens e compras sem licitação do que com o trabalho voluntário e social, é um reflexo das tensões políticas e das diferenças de prioridades entre governos. Michelle lamenta que seu programa de voluntariado tenha sido desativado, evidenciando a diferença de enfoque entre sua gestão e a atual. O desabafo emocionado de Michelle, incentivando as mulheres a não desistirem de seus propósitos, é um chamado à resiliência frente às adversidades e perseguições. Ela reconhece que a luta é árdua e cheia de desafios, mas reforça a importância de manter o foco na missão e de não se deixar abater pelas críticas e ataques. A ex-primeira-dama também aborda a questão da censura e perseguição política, que, segundo ela, atingem unicamente os conservadores. Ela denuncia o fechamento de veículos de imprensa e outras medidas repressivas como prisões políticas, devassas e buscas e apreensões, que buscam calar vozes dissidentes e controlar a narrativa pública. A crítica ao cartel midiático, que tenta eliminar qualquer mídia independente, sublinha a necessidade de um debate público amplo e honesto, que inclua todas as perspectivas políticas. Em resumo, as palavras de Michelle Bolsonaro refletem uma profunda insatisfação com o atual estado da política e da liberdade de expressão no Brasil, destacando a necessidade urgente de maior participação e vigilância dos cidadãos conservadores para garantir uma representação justa e uma política limpa e transparente.

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado