Enquanto a PF tenta prender investigados pelo 8/1, Bolsonaro toma atitude surpreendente Enquanto a PF tenta prender investigados pelo 8/1, Bolsonaro toma atitude surpreendente Enquanto a PF tenta prender investigados pelo 8/1, Bolsonaro toma atitude surpreendente Pular para o conteúdo principal
;

Enquanto a PF tenta prender investigados pelo 8/1, Bolsonaro toma atitude surpreendente

Nesta quinta-feira (6), a Polícia Federal saiu em operação para prender 208 investigados pelos atos ocorridos em 8 de janeiro. A determinação partiu do ministro Alexandre de Moraes e está sendo cumprida em 18 estados e no Distrito Federal. Paralelamente a essa operação, tramita na Câmara dos Deputados um projeto de lei que visa anistiar todos os envolvidos no episódio. O relator escolhido para esse projeto é o deputado Rodrigo Valadares, do partido União Brasil.
Em uma entrevista concedida à Revista Veja, o deputado foi questionado se o ex-presidente Jair Bolsonaro poderia ser beneficiado pela anistia proposta, o que lhe devolveria os direitos políticos. Surpreendentemente, a resposta de Valadares foi negativa. O deputado afirmou que Bolsonaro "não quer ser incluído dentro de uma possível anistia desses projetos". Segundo Valadares, em uma conversa com o ex-presidente, este deixou "muito claro" que o texto da anistia se referiria apenas aos presos nos atos do dia 8 de janeiro. Essa declaração revela a postura firme de Bolsonaro diante da situação, demonstrando que não busca benefícios pessoais e reforçando seu compromisso com a legalidade e a justiça. A movimentação da Polícia Federal para prender os investigados pelos atos de 8 de janeiro mostra que o estado de direito está em pleno funcionamento, com as instituições agindo de forma eficaz para garantir a ordem e a segurança pública. O projeto de lei em tramitação na Câmara dos Deputados ainda deve gerar debates intensos e levantar questões sobre os limites da anistia e a necessidade de responsabilização pelos atos cometidos. Enquanto isso, a resposta de Bolsonaro à proposta de anistia evidencia sua postura íntegra e comprometida com os princípios democráticos, reforçando sua posição como uma figura política que busca sempre agir em conformidade com a lei e os valores éticos. O desenrolar desse processo certamente terá repercussões importantes no cenário político brasileiro, refletindo-se tanto nas relações entre os poderes quanto na opinião pública sobre os rumos do país.

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado