Dono de ‘lojinha’ de queijos vai receber quase R$ 1 bilhão por leilão de arroz Dono de ‘lojinha’ de queijos vai receber quase R$ 1 bilhão por leilão de arroz Dono de ‘lojinha’ de queijos vai receber quase R$ 1 bilhão por leilão de arroz Pular para o conteúdo principal
;

Dono de ‘lojinha’ de queijos vai receber quase R$ 1 bilhão por leilão de arroz

A recente vitória da empresa Wisley A. de Sousa LTDA no leilão promovido pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) para a importação de arroz levanta sérias questões sobre a transparência e a eficácia das políticas públicas implementadas pelo governo Lula. Enquanto o presidente tenta combater a especulação de preços no mercado de arroz, a forma como esse leilão foi conduzido e os resultados obtidos suscitam muitas críticas.
Wisley A. de Sousa LTDA, uma empresa de pequeno porte com capital social de apenas R$ 5 milhões, conseguiu arrematar lotes significativos para importar 147 mil toneladas de arroz, um contrato de R$ 736 milhões. Isso levanta dúvidas sobre a capacidade da empresa de cumprir o contrato e pagar a caução exigida. A escolha de empresas como uma loja de queijos e uma locadora de veículos para contratos de importação de arroz é, no mínimo, suspeita. Isso sugere uma falta de critérios rigorosos e uma possível ausência de transparência no processo de seleção ou maracutáia mesmo. O leilão foi uma resposta às dificuldades de abastecimento causadas pelas enchentes no Rio Grande do Sul, mas especialistas como Ivan Wedekin apontam que o arroz importado só chegará ao Brasil em setembro, quando os problemas já podem estar resolvidos. A intervenção governamental no mercado de arroz, promovendo um leilão que pode favorecer empresas sem experiência no setor agrícola, parece mais uma medida populista do que uma solução eficaz para a questão de abastecimento e especulação de preços. A Confederação de Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) tentou barrar o leilão na Justiça, argumentando contra a intervenção do governo. A derrota na Justiça não diminui as preocupações sobre a capacidade de execução dos vencedores do leilão e o risco de falhas no cumprimento dos contratos. A experiência limitada das empresas vencedoras no setor agrícola aumenta o risco de problemas na importação e distribuição do arroz, o que pode agravar a situação do mercado em vez de resolvê-la. A maneira como o leilão foi conduzido e os resultados obtidos podem afetar negativamente a percepção internacional sobre a seriedade e a credibilidade do governo brasileiro na gestão de políticas públicas e econômicas. A inclusão de empresas sem histórico relevante no agronegócio em um leilão tão importante pode ser vista como um reflexo de práticas questionáveis e falta de profissionalismo na administração pública.

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado