Deu ruim: Globo toma processo da justiça Deu ruim: Globo toma processo da justiça Deu ruim: Globo toma processo da justiça Pular para o conteúdo principal

Deu ruim: Globo toma processo da justiça

A Globo está enfrentando um processo judicial devido aos cenários utilizados em seus telejornais. A empresa Da Silva Projetos Luminotécnicos processa a emissora, alegando que cenários como os do Bom Dia São Paulo e RJ1 usam indevidamente uma tecnologia patenteada que controla a luminosidade externa e permite a exibição de imagens panorâmicas das cidades na TV. A Globo contestou as acusações e o processo aguarda julgamento em primeira instância. No processo, a Da Silva Projetos Luminotécnicos relata que um dos seus sócios, Gilberto Alves da Silva, que foi funcionário da Globo de 2000 a 2013, desenvolveu um equipamento motorizado que controla a incidência de luz solar por meio de placas de acrílico, sem prejudicar a qualidade da imagem. Este equipamento foi registrado no INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial), e a empresa acusa a Globo de ter copiado tanto o desenvolvimento do projeto quanto as placas de acrílico essenciais para o controle da luminosidade.
Segundo a acusação, a autorização para o uso desse equipamento havia sido concedida apenas para o estúdio localizado em São Paulo, quando o sócio Gilberto Alves da Silva trabalhava na emissora. No entanto, a Globo expandiu o uso desses cenários panorâmicos para várias outras localidades, como Rio de Janeiro e Distrito Federal, sem autorização. Ao usar o invento do autor sem a devida autorização, a Globo violou a propriedade industrial, conforme a legislação aplicável, e foi devidamente notificada para cessar o uso do equipamento”, continua o processo. A Da Silva Projetos Luminotécnicos solicita que a Justiça calcule o valor dos royalties para definir a indenização que a Globo deve pagar. “Esgotadas todas as possibilidades amigáveis para a solução do impasse, não resta outra alternativa senão a intervenção judicial para efetivar a aplicação da norma vigente”, acrescenta o processo. Resposta da Globo A defesa da emissora contestou as acusações, que ainda aguardam julgamento, e afirmou que são improcedentes. “Sem prejuízo da notória consumação da prescrição, seja a trienal ou mesmo a quinquenal, é certo que as alegações do Autor são notadamente infundadas e carentes de qualquer respaldo probatório”, declara. A Globo alega que usa tecnologia da empresa Insulfilm, bastante conhecida no meio automotivo, para vedar a luz externa em carros sem prejudicar a visão do motorista. A emissora nega ter utilizado a tecnologia da Da Silva Projetos Luminotécnicos e alega que as placas de acrílico fornecidas não serviram ao propósito mencionado, sendo descartadas posteriormente. Portanto, a Globo não considera procedente a necessidade de pagamento de royalties. O autor do processo respondeu à réplica, alegando que a Globo agiu de má-fé ao tentar reproduzir a tecnologia patenteada por Gilberto com outro fornecedor, e solicitou uma intimação para que a emissora traga evidências ao processo. “Requer a intimação da ré para que forneça os dados da empresa Insulfilm, citada por diversas vezes em sua contestação, a fim de promover sua denunciação à lide, conforme preliminar invocada”, declara a acusação. Informações Notícias da TV

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado