China condena jornalista que deu voz a vítimas de ass4dio sex4al China condena jornalista que deu voz a vítimas de ass4dio sex4al China condena jornalista que deu voz a vítimas de ass4dio sex4al Pular para o conteúdo principal

China condena jornalista que deu voz a vítimas de ass4dio sex4al

A jornalista Huang Xueqin, que deu voz a mulheres vítimas de assédio sexual na China, foi condenada nesta sexta-feira (14) pelo Tribunal Intermediário de Guangzhou a cinco anos de prisão pelo crime de “incitação à subversão do poder estatal”. Por sua vez, o ativista Wang Jianbing foi condenado a três anos e seis meses pela mesma acusação, geralmente usada contra defensores de direitos humanos da China, segundo afirmaram os seus apoiadores na rede social X. No ano passado, várias ONGs denunciaram que ambos tinham sido julgados sem garantias e pediram ao governo chinês que os libertasse imediatamente. A jornalista, que está detida há 999 dias, também foi privada dos seus direitos políticos por quatro anos, o que significa que seria libertada da prisão em setembro de 2026. Huang, nascida em 1988, foi fundamental no lançamento do #MeToo na China em janeiro de 2018, recolhendo testemunhos de vítimas de agressão sexual. A repórter independente também cobriu questões relacionadas à corrupção e à poluição industrial. A ONG Defensores Chineses dos Direitos Humanos (CHRD) denunciou no ano passado que o tratamento de Huang e Wang nas mãos da polícia estava “repleto de violações da lei e da justiça processual chinesa”. – É o governo chinês que deveria ser processado por prender ilegalmente os seus próprios cidadãos simplesmente pelo exercício pacífico dos seus direitos humanos – disse na ocasião a diretora da CHRD, Renee Xia. Segundo esta entidade, Wang Jianbing, nascido em 1980, foi mantido incomunicável durante os primeiros meses da sua detenção, tendo as autoridades se recusado a revelar qualquer informação sobre seu paradeiro à sua família. Já Huang não foi autorizada a consultar um advogado da sua escolha e foi sujeita a interrogatórios prolongados e repetidos, segundo a mesma fonte. A ONG afirmou ainda que Huang foi processada pelo seu trabalho como jornalista independente e por descobrir violações dos direitos humanos na China. Além disso, ressaltou que Wang – ativista reconhecido pelo seu apoio às pessoas com deficiência e aos trabalhadores que desenvolveram doenças devido às más condições de trabalho – participava frequentemente em reuniões informais com amigos, nas quais Huang também esteve presente, mas que estas não tinham estrutura explícita ou intenção política. *EFE

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado