Biden vai fechar a fronteira com o México Biden vai fechar a fronteira com o México Biden vai fechar a fronteira com o México Pular para o conteúdo principal
;

Biden vai fechar a fronteira com o México

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, tem previsto para assinar nesta terça-feira (4) uma ordem executiva que permitirá “fechar a fronteira” com o México para a migração irregular caso as detenções superem um determinado número, informou uma fonte legislativa à Agência EFE.
A iniciativa busca impedir a entrada nos EUA dos migrantes se for ultrapassada a quantidade ainda a ser debatida. A imprensa local informa que a fronteira será “fechada” quando foram alcançados 4 mil travessias diárias, mas este número ainda está em discussão e não há nada definitivo. A ordem chega seis meses antes das eleições presidenciais, nas quais Biden busca conseguir um segundo mandato. A gestão da migração se tornou uma questão central para os eleitores, superando a economia e a inflação, de acordo com uma pesquisa da empresa Gallup divulgada no final de abril. O ex-presidente e principal candidato republicano à presidência, Donald Trump, retomou a retórica anti-imigração na campanha, criticando diretamente as políticas de Biden e acusando-o de criar uma “crise” na fronteira. De acordo com a imprensa dos EUA, a Casa Branca planeja anunciar a proposta em um evento com prefeitos de cidades fronteiriças. Apesar do número recorde de apreensões na fronteira com o México no ano passado, os números caíram drasticamente até agora neste ano. Em abril, as autoridades dos EUA registraram 128.900 apreensões de migrantes que tentavam entrar irregularmente nos EUA. Em contrapartida, em dezembro de 2023, houve quase 250 mil prisões. Tanto especialistas quanto autoridades dos EUA atribuem essa redução às medidas tomadas pelo México para deter pessoas em sua jornada para o norte. Tanto os migrantes quanto as organizações de direitos humanos denunciaram práticas abusivas das autoridades mexicanas, incluindo extorsão. O anúncio não será a primeira vez que Biden anuncia medidas para controlar a migração por terra. Em maio do ano passado, o governo fez uma série de mudanças para classificar como “não aptos” para solicitar asilo os migrantes que cruzam a fronteira irregularmente e que não buscaram proteção em um terceiro país durante sua jornada para os EUA. O contexto global de um aumento histórico no número de pessoas deslocadas no continente, aliado à pressão da oposição e da ala moderada de seu partido, levou o governo Biden a recuar das promessas de campanha de “restaurar” o sistema de asilo. Pelo contrário, durante seus primeiros anos, a gestão democrata manteve políticas restritivas deixadas pela administração anterior, como o chamado Título 42, que permitia devoluções imediatas, apenas para expandi-las ou alterá-las com novas regras que buscam limitar o número de pessoas que podem solicitar asilo na fronteira sul. De acordo com a lei atual, uma pessoa tem o direito de solicitar asilo nos EUA na fronteira ou dentro do território americano. Diferentemente de outros tipos de migração legal, como vistos de trabalho, a legislação não prevê um limite para o número de pessoas que podem receber asilo a cada ano devido ao aspecto humanitário dessa proteção.

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado