As "meras coincidências" no evento de Gilmar em Lisboa As "meras coincidências" no evento de Gilmar em Lisboa As "meras coincidências" no evento de Gilmar em Lisboa Pular para o conteúdo principal

As "meras coincidências" no evento de Gilmar em Lisboa

Sócios, diretores e presidentes de 12 empresas com ações no Supremo Tribunal Federal (STF) participam do Gilmarpalooza, evento organizado pelo IDP, faculdade do ministro Gilmar Mendes. Algumas dessas ações são relatadas por ele, informou nesta quinta-feira, 27, o jornal O Estado de S. Paulo.
O Fórum Jurídico de Lisboa começou na quarta-feira, 26, em Lisboa, e vai até esta sexta-feira, 28. A programação inclui palestras de magistrados, empresários, parlamentares, ministros do governo Lula, governadores e advogados, que discutem as transformações jurídicas no Brasil. Seis ministros, incluindo Gilmar Mendes, estão em Lisboa: Luís Roberto Barroso, Alexandre de Moraes, Cristiano Zanin, Flávio Dino e Dias Toffoli. Ministros do STJ, desembargadores e diretores de agências também participam. Veja a lista de empresas que participam do Fórum de Gilmar e têm processos no STF:
- Aegea - Banco Safra - Bradesco - BTG - Cosan - Eletrobras - Google - Grupo Votorantim - Ibram - Instituto J&F - Magazine Luiza - Prudential De acordo com o Estadão, a Aegea Saneamento tem duas ações no STF sob relatoria de Flávio Dino, e, no Gilmarpalooza, seus representantes vão participar de debates em quatro mesas. A empresa abordará mudanças climáticas, infraestrutura na economia global, concessões de serviços e desenvolvimento sustentável. Em maio, a Aegea entrou com duas reclamações constitucionais no STF para derrubar uma decisão do Tribunal de Justiça do Paraná que manteve uma licitação para serviços de esgoto em 122 municípios do Paraná. A empresa alega que o processo permitiu a contratação de concorrentes que não ofereceram a melhor proposta. O advogado da Aegea é o ex-ministro do STF Ayres Britto.
Instituto J&F Também na quarta-feira, Luizinho Magalhães, diretor pedagógico do Instituto J&F, do grupo dos irmãos Joesley e Wesley Batista, participou do painel “Responsabilidade Social: O Papel do Setor Público e do Setor Privado”, moderado por Gilmar Mendes. O Instituto J&F é parte do grupo J&F, que inclui empresas como JBS, PicPay e Âmbar Energia, de Joesley e Wesley Batista. A disputa bilionária entre J&F e Paper Excellence pelo controle da Eldorado Celulose já está no STF. Além disso, a J&F conseguiu suspender multas pactuadas em acordo de leniência com o Ministério Público Federal na Operação Lava Jato. BTG
Na manhã desta quinta-feira, 27, Gilmar Mendes participará de uma palestra com o CEO do BTG Pactual, André Esteves, sobre os desafios da economia digital global. O BTG Pactual, que trouxe cinco palestrantes, responde a três processos no STF. Representantes da Prudential, Google, Grupo Votorantim, Eletrobras, Banco Safra, Bradesco, Magazine Luiza, Instituto Brasileiro de Mineração e Cosan também estão presentes. Há conflito de interesses, diz Transparência Brasil O diretor-executivo da Transparência Internacional no Brasil, Bruno Brandão, disse ao Estadão que a situação se configura como “conflito de interesse em qualquer país civilizado no mundo, incluindo Portugal, onde esse evento também já está ficando conhecido por essas relações impróprias entre autoridades e empresários, inclusive muitos investigados por corrupção”. Por sua vez, o advogado André Boselli, da Artigo 19, explica que o evento evidencia a desigualdade do acesso à Justiça e macula a imagem de imparcialidade dos magistrados. Posicionamento do STF e das empresas O STF afirmou que não há conflito de interesses na participação dos ministros no evento, justificando que os magistrados conversam com diversos setores da sociedade, “com advogados, com indígenas, com empresários rurais, com estudantes, com sindicatos, com confederações patronais, entre muitos outros segmentos da sociedade”. “E muitos participam de eventos organizados por entidades representativas desses setores, inclusive por órgãos de imprensa”, afirmou. Em notas ao Estadão, as empresas disseram que não há conflito de interesses, que custearam as viagens de seus representantes e que não há pagamento de cachês. O IDP informou que o fórum de Lisboa não custeia passagens nem hospedagem dos participantes. Informações Jornal da Cidade

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado