A verdadeira face da Rede Globo A verdadeira face da Rede Globo A verdadeira face da Rede Globo Pular para o conteúdo principal
;

A verdadeira face da Rede Globo

A reportagem do Fantástico em 2020 que tratou Susy Oliveira como uma vítima do sistema prisional é um exemplo claro da inversão de valores promovida por certos setores da mídia, especialmente pela Globo. Ao apresentar Susy, uma criminosa condenada por um crime brutal contra uma criança de 9 anos, como uma vítima, a Globo demonstra uma desconexão preocupante com a realidade e com a necessidade de justiça para as vítimas de crimes hediondos. O crime cometido por Susy Oliveira foi extremamente cruel e repugnante, envolvendo o estupro e assassinato de uma criança indefesa. A descrição do crime nos autos do processo revela a brutalidade e a frieza com que foi cometido, demonstrando uma total falta de empatia e humanidade por parte da criminosa. Ignorar esses fatos e tentar retratá-la como uma vítima do sistema é uma afronta às verdadeiras vítimas e suas famílias. Essa postura da Globo é sintomática de uma narrativa que busca relativizar crimes graves e promover uma agenda que muitas vezes vai contra os valores e a justiça. Em vez de focar nas vítimas e na necessidade de punição adequada para os criminosos, a emissora escolhe destacar as dificuldades enfrentadas pelos próprios condenados, minimizando a gravidade de seus atos e desviando a atenção da necessidade de um sistema de justiça que proteja os inocentes e puna severamente os culpados. A sociedade espera que a mídia, ao abordar casos criminais, respeite as vítimas e suas famílias, e não glorifique ou vitimize aqueles que cometeram atos de extrema violência. Ao fazer o contrário, a Globo não só desrespeita as vítimas, mas também contribui para uma cultura que pode desestimular a aplicação rigorosa da justiça. Portanto, quem apoia e promove estupradores e assassinos não é quem busca justiça e proteção para as vítimas, mas sim quem tenta transformar os criminosos em vítimas, ignorando a dor e o sofrimento das verdadeiras vítimas.

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado