Vídeo: Após questionar deputado petista, influenciador e preso Vídeo: Após questionar deputado petista, influenciador e preso Vídeo: Após questionar deputado petista, influenciador e preso Pular para o conteúdo principal
;

Vídeo: Após questionar deputado petista, influenciador e preso

Na tarde de ontem, a Assembleia Legislativa de Goiás foi palco de um incidente que despertou debates acalorados sobre liberdade de expressão e direitos individuais. O influenciador político Pedro Pôncio foi detido pela Polícia Legislativa após uma denúncia do gabinete do deputado estadual Antônio Gomide (PT).
O motivo da detenção foi a presença de Pôncio nas dependências da Assembleia, onde ele questionava a omissão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva em sua pré-campanha política. O influenciador sugeriu uma tentativa de desassociar a imagem de Lula do radicalismo de esquerda, o que teria incomodado o deputado Antônio Gomide Em relato ao Pleno.News, Pôncio descreveu a abordagem da Polícia Legislativa como intimidatória e vexatória. Ele afirmou que, enquanto gravava um vídeo na parte externa da Casa Legislativa, foi abordado pelos policiais, que o conduziram para prestar esclarecimentos. "Gravamos o vídeo, fomos embora. Quando estávamos ali na frente, gravando mais um vídeo, fomos abordados pela Polícia Legislativa, em tom de intimidação. É assim que eu me senti naquele momento. Fomos coagidos, acusados, e não souberam explicar qual é o crime que cometemos. Estávamos ali apenas gravando um vídeo. Me senti intimidado, sim. Achei que estavam tentando roubar, pegar o meu celular, e impedir que eu fizesse o registro através de uma live", relatou o influenciador. Apesar de não ter sido formalizada nenhuma acusação de crime contra Pedro Pôncio, a exposição vexatória causou grande constrangimento e feriu preceitos constitucionais sobre as liberdades individuais do cidadão. O advogado de Pôncio, Vítor Gonçalves, interveio para garantir um desfecho pacífico e harmonioso em conformidade com as leis. Ele destacou que não foi imputado ao influenciador nenhum crime ou ilícito dentro da Assembleia Legislativa. "A abordagem foi lá fora, a gente acompanhou, e foi feita a oitiva do nosso amigo aqui. Mas graças a Deus deu tudo certo, não foi imputado a ele nenhum cometimento de crime, nem sequer uma contravenção penal, ou qualquer ilícito dentro da Assembleia Legislativa. Então ele foi liberado, e está aqui gravando, autorizado dentro da lei, da Constituição, aquilo que garante a ele, e exercendo seu direito de cidadania", afirmou Gonçalves. Pedro Pôncio é ex-integrante do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e autor do livro "A Face Oculta do MST: Como Sobrevivi aos Campos de Doutrinação", no qual denuncia práticas ilícitas dentro do movimento. O incidente na Assembleia Legislativa de Goiás reacendeu o debate sobre liberdade de expressão e o direito dos cidadãos de se manifestarem livremente sobre questões políticas. A detenção de Pedro Pôncio levanta preocupações sobre possíveis abusos de poder e restrições às liberdades individuais em ambientes públicos.

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado