Tarcísio avisa que vai para o PL e pode mudar tudo na política do Brasil Tarcísio avisa que vai para o PL e pode mudar tudo na política do Brasil Tarcísio avisa que vai para o PL e pode mudar tudo na política do Brasil Pular para o conteúdo principal
;

Tarcísio avisa que vai para o PL e pode mudar tudo na política do Brasil

O governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas, confirmou ao líder do Partido Liberal (PL), Valdemar Costa Neto, sua intenção de ingressar no partido ainda este ano. Atualmente filiado ao Republicanos, Tarcísio acredita que essa transição será tranquila e sem conturbações, facilitando uma reconfiguração estratégica no cenário político nacional. A mudança de Tarcísio para o PL, partido do ex-presidente Jair Bolsonaro, pode ter importantes repercussões tanto para a política estadual quanto para a dinâmica do poder em Brasília. As informações foram divulgadas pelo jornal Estadão.
A decisão de Tarcísio de Freitas de trocar o Republicanos pelo PL não é apenas uma mudança de filiação partidária, mas sim uma movimentação estratégica que pode impactar as articulações políticas em diversas esferas. Tarcísio, ex-ministro da Infraestrutura de Bolsonaro e atualmente governador do maior estado do Brasil, São Paulo, tem um perfil técnico e é visto como uma figura chave no fortalecimento do PL, especialmente com a presença de Bolsonaro como figura central do partido. Valdemar Costa Neto, líder do PL, vê com bons olhos a entrada de Tarcísio, uma vez que isso pode consolidar ainda mais o partido como um dos mais influentes no cenário político brasileiro. A entrada de Tarcísio no PL é vista como um movimento que pode fortalecer a posição do partido nas eleições de 2026 e além. A troca de partido de Tarcísio também tem implicações diretas na sucessão da liderança da Câmara dos Deputados. Marcos Pereira, deputado e líder do Republicanos, é um dos principais candidatos a suceder Arthur Lira (PP-AL) na presidência da Câmara. As eleições para a renovação das lideranças da Câmara e do Senado estão previstas para fevereiro de 2025, mas os partidos já começaram suas articulações. Com a entrada de Tarcísio no PL, acredita-se que o Palácio do Planalto possa apoiar Marcos Pereira, como uma forma de manter a influência no Congresso. Apesar de o Planalto não se envolver publicamente na disputa, os bastidores estão repletos de negociações e articulações para garantir que a presidência da Câmara não caia nas mãos de adversários do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Embora Tarcísio de Freitas tenha negado publicamente qualquer intenção de se candidatar à presidência em 2026, muitos dentro do Partido dos Trabalhadores (PT) acreditam que ele possa ser uma figura chave na corrida presidencial. A liderança do PT vê com desconfiança a movimentação de Tarcísio, temendo que ele possa ser um forte adversário caso decida concorrer. A possível candidatura de Tarcísio ao Planalto é um ponto de preocupação para o PT, que já se prepara para a reeleição de Lula em 2026. A entrada de Tarcísio no PL poderia fortalecer ainda mais a base bolsonarista e criar um cenário competitivo para a próxima eleição presidencial. Enquanto o Palácio do Planalto mantém uma postura de não interferência pública, as articulações nos bastidores são intensas. O objetivo é evitar que adversários de Lula e do PT ganhem força nas direções da Câmara e do Senado. A eleição de Marcos Pereira, com o apoio de Tarcísio e do PL, seria uma maneira de manter aliados próximos nas posições estratégicas do Congresso. A liderança do PT está ciente de que a movimentação de Tarcísio pode influenciar significativamente as eleições de 2025 para as presidências da Câmara e do Senado. A estratégia é garantir que os próximos líderes do Congresso sejam alinhados com os interesses do governo Lula, minimizando a influência de opositores. A mudança de partido de Tarcísio de Freitas tem gerado diversas reações entre os partidos políticos. No Republicanos, a saída de Tarcísio é vista com uma mistura de apreensão e resignação. Embora a transição deva ser tranquila, a perda de uma figura de destaque como Tarcísio pode enfraquecer o partido. No PL, a entrada de Tarcísio é celebrada como um reforço significativo. Valdemar Costa Neto vê a mudança como um fortalecimento do partido, que já conta com a liderança de Bolsonaro e agora terá um governador influente em seus quadros. A expectativa é que Tarcísio possa trazer mais visibilidade e força política ao PL. A possível candidatura de Tarcísio de Freitas à presidência em 2026, embora negada por ele, permanece como uma possibilidade que não pode ser ignorada. A liderança do PT está ciente de que Tarcísio é um adversário formidável, com uma base de apoio sólida e uma imagem pública favorável. Para o PL, a presença de Tarcísio pode significar a construção de uma candidatura presidencial forte, especialmente com o apoio de Bolsonaro. As articulações para 2026 já começaram, e a entrada de Tarcísio no PL é um movimento estratégico que pode influenciar significativamente o cenário eleitoral. A decisão do governador Tarcísio

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado