Moraes manda prender idoso com câncer em estágio avançado Moraes manda prender idoso com câncer em estágio avançado Moraes manda prender idoso com câncer em estágio avançado Pular para o conteúdo principal
;

Moraes manda prender idoso com câncer em estágio avançado

Na última terça-feira, dia 21, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), emitiu uma ordem para a Polícia Federal (PF) prender Jaime Junkes, um indivíduo de 68 anos, em decorrência dos eventos ocorridos no dia 8 de janeiro. Essa decisão resultou na detenção de Junkes, que foi encaminhado ao Centro Integrado de Triagem de Londrina, no Paraná, onde foi sentenciado a 14 anos de prisão pelo STF. Essa sentença foi proferida apesar de um recurso pendente de análise.
A defesa de Jaime Junkes, em uma ação protocolada no dia 26 de março, argumentou que não existem provas substanciais que vinculem seu cliente aos atos de vandalismo durante o protesto e também destacou sua delicada condição de saúde. Junkes foi detido no Palácio do Planalto. A defesa ressaltou que ele sofre de várias condições médicas, incluindo miocardiopatia dilatada, problemas cardíacos, hipotireoidismo, embolia pulmonar, sequelas da covid-19 de longa duração e câncer de próstata em estágio avançado, o que o obriga a utilizar uma sonda. Os advogados afirmaram que desde sua libertação condicional em 22 de novembro de 2023, Junkes não violou as medidas cautelares impostas. O ministro Moraes havia concedido a liberdade condicional a Junkes após a comoção gerada pela morte do empresário Clezão na Papuda, que ocorreu devido a um mal súbito. A defesa de Junkes acredita que a decisão de Moraes se fundamenta no receio de fuga, especialmente considerando que outros acusados já haviam fugido. No entanto, muitas questões em torno dos eventos do dia 8 de janeiro ainda permanecem sem respostas. Surgiu uma investigação paralela na forma do livro "08 DE JANEIRO - SEGREDOS E BASTIDORES". Esta obra promete revelar detalhes e segredos até então desconhecidos pelo público. O livro aborda o início dos acontecimentos que culminaram nos três dias mais cruciais de todo o incidente: 07, 08 e 09 de janeiro. Entre os relatos apresentados estão informações sobre o controverso ginásio para onde os presos foram levados, a prisão de Anderson Torres, a chamada “minuta do golpe”, o suposto "alvo" nas costas do ex-presidente Jair Bolsonaro, a Operação Lesa Pátria, e ainda expõe as ações suspeitas do General G. Dias antes, durante e após os eventos. O caso envolvendo Jaime Junkes e os acontecimentos do dia 8 de janeiro continuam a gerar controvérsias e levantar questões sobre a justiça e transparência no país. Enquanto isso, a busca pela verdade e pela compreensão completa dos eventos permanece em andamento.

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado