Justiça aciona Gusttavo Lima em ação milionária; entenda Justiça aciona Gusttavo Lima em ação milionária; entenda Justiça aciona Gusttavo Lima em ação milionária; entenda Pular para o conteúdo principal
;

Justiça aciona Gusttavo Lima em ação milionária; entenda

O cantor Gusttavo Lima foi recentemente processado na Justiça de São Paulo em um caso envolvendo resolução contratual e indenização por danos materiais no valor total de R$ 1.005.000. A ação, movida por um engenheiro agrônomo, acusa Gusttavo Lima e outras cinco partes de promoverem um modelo de negócio de franquia que não cumpriu as expectativas apresentadas.
Contexto da Ação O autor da ação, buscando investir em um novo empreendimento em meados de 2022, alegou ter sido atraído pelo sucesso propagandeado da franquia, que operava no ramo do varejo alimentício. O engenheiro afirma que o modelo de negócio prometia um faturamento mensal de R$ 800 mil, com um investimento inicial de R$ 500 mil. Um dos principais atrativos, segundo ele, foi a presença de Gusttavo Lima como sócio e a promessa de sua participação nas inaugurações das unidades franqueadas. Alegações do Autor Propaganda Enganosa: O engenheiro afirma que Gusttavo Lima fez diversas publicidades se identificando como sócio da franquia, o que foi um fator determinante para sua decisão de investir. Saída Abrupta de Gusttavo Lima: Em julho de 2022, no mesmo mês em que o autor se preparava para inaugurar sua unidade, foi notificado de que Gusttavo Lima havia se retirado da sociedade de maneira abrupta e inesperada. Danos Materiais: Além da taxa de franquia de R$ 500 mil, o autor alega ter sofrido diversos prejuízos financeiros devido à quebra de expectativas e mudanças no modelo de negócio. Decisão Judicial O juiz Renê José Abrahão determinou que os autos fossem remetidos à Vara Regional Empresarial e de Conflitos relacionados à Arbitragem. Este é um passo inicial no processo, e Gusttavo Lima ainda não foi citado para apresentar sua defesa. Reflexões Críticas Essa situação ilustra os riscos associados ao endosso de celebridades em empreendimentos comerciais. A presença de uma figura pública pode conferir uma aparência de credibilidade e sucesso a um negócio, mas também pode levar a complicações jurídicas quando essas expectativas não são atendidas. No caso de Gusttavo Lima, a retirada abrupta da sociedade parece ter sido um ponto crucial para a insatisfação do autor, gerando um litígio significativo. O incidente também levanta questões sobre a transparência e a responsabilidade nas comunicações comerciais. Se as promessas feitas pela franquia não eram sustentáveis ou se a saída de Gusttavo Lima estava prevista sem a devida comunicação aos investidores, isso configura um possível caso de propaganda enganosa e quebra de confiança. Conclusão Este caso é um exemplo claro de como investimentos em franquias, especialmente aquelas associadas a celebridades, devem ser avaliados com cautela. É essencial para os investidores entenderem todos os aspectos do negócio, incluindo a estabilidade da participação de sócios famosos. Aguardaremos as próximas etapas do processo para ver como Gusttavo Lima e as outras partes envolvidas responderão às alegações feitas.

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado