Globo tenta compensar seu pior erro, mas o tiro sai pela culatra Globo tenta compensar seu pior erro, mas o tiro sai pela culatra Globo tenta compensar seu pior erro, mas o tiro sai pela culatra Pular para o conteúdo principal
;

Globo tenta compensar seu pior erro, mas o tiro sai pela culatra

O jornalismo da Globo foi alvo de fortes críticas após uma ampla cobertura do show de Madonna no Rio de Janeiro, exibida em programas como o Jornal Nacional, Fantástico e GloboNews, desviando o foco da tragédia ocorrida no Rio Grande do Sul. A emissora foi duramente acusada de errar ao dar destaque ao espetáculo polêmico da cantora, considerado obsceno e pornográfico por muitos espectadores, enquanto negligenciava a cobertura da demanda comercial e das necessidades da população local.
A decisão de priorizar a cobertura do show de Madonna em detrimento da tragédia no Rio Grande do Sul gerou indignação entre os telespectadores e críticos da emissora. Muitos consideraram a escolha editorial um erro grave, que revelou uma desconexão preocupante com as questões prioritárias que afetam o país. Diante da repercussão negativa, a Globo revisou sua abordagem e enviou William Bonner para cobrir a situação no local. No entanto, a tentativa de corrigir o erro não foi bem recebida pelo público, que já havia manifestado sua indignação com a postura da emissora. A população gaúcha, em especial, não perdoou Bonner ou qualquer outro jornalista e profissional da emissora. A revolta e a decepção foram expressas em diversas plataformas, demonstrando a insatisfação com o tratamento dado pela Globo à tragédia que assolou a região. O episódio evidenciou não apenas a falha editorial da Globo, mas também uma crescente insatisfação do público com o jornalismo sensacionalista e desconectado das questões sociais e humanitárias. A falta de sensibilidade da emissora diante de uma tragédia de grande magnitude revelou uma priorização equivocada de interesses comerciais em detrimento da responsabilidade jornalística. Por duas vezes, a Globo errou! O tiro saiu pela culatra, resultando em uma reação negativa ainda mais intensa por parte do público. A emissora, que historicamente exerceu um papel influente na formação da opinião pública, viu sua imagem arranhada diante de um erro editorial que expôs suas prioridades questionáveis. Diante desse cenário, a cobertura jornalística da Globo enfrenta um desafio significativo em reconquistar a confiança e o respeito do público. A crítica contundente recebida pela emissora serve como um alerta para a necessidade de um jornalismo mais responsável, ético e comprometido com a informação precisa e relevante, especialmente em momentos de crise e tragédia. Enquanto isso, a população brasileira continua a demandar um jornalismo mais transparente e comprometido com o interesse público, capaz de abordar questões complexas com a seriedade e a sensibilidade que merecem. A resposta da Globo a essa crítica será crucial para determinar sua credibilidade e influência no cenário midiático brasileiro.

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado