Globo em crise de audiência, tentam censurar, mas fracassam para o povo Globo em crise de audiência, tentam censurar, mas fracassam para o povo Globo em crise de audiência, tentam censurar, mas fracassam para o povo Pular para o conteúdo principal
;

Globo em crise de audiência, tentam censurar, mas fracassam para o povo

Nesta terça-feira, 14 de maio, o Brasil foi palco de uma mobilização relâmpago nas redes sociais em resposta à introdução surpresa de um novo projeto de lei no Congresso Nacional. Em menos de seis horas, um acordo nos bastidores entre o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva resultou na apresentação do chamado "PL da Globo".
A medida rapidamente desencadeou uma forte reação popular, com a tag #PLdaGloboNão se tornando o assunto mais comentado no X (antigo Twitter) no Brasil. 
A crise de audiência enfrentada pela Globo e a crise de aprovação pública do governo Lula foram os principais motores por trás da articulação do PL da Globo. A grande mídia, especialmente a Globo, vem sofrendo uma queda significativa em seus índices de audiência, gerando preocupações sobre sua influência e sustentabilidade. Paralelamente, o governo Lula enfrenta dificuldades em manter sua aprovação popular, com críticas crescentes sobre diversas políticas e a gestão do país. O projeto de lei, articulado em segredo, visa limitar, silenciar, taxar e censurar as redes sociais e os opositores do governo, sendo apresentado de surpresa no Congresso Nacional, o que deu pouquíssimo tempo para que os deputados de oposição analisassem o projeto, identificassem seus perigos e mobilizassem a população contra ele. Apesar do prazo exíguo, a reação da oposição e da população foi imediata e eficaz. A falta de confiança na grande mídia, amplificada pelo papel das redes sociais em dar voz ao sentimento de revolta, levou a uma mobilização rápida e contundente. Em poucas horas, a tag #PLdaGloboNão dominou as discussões no X, revelando a insatisfação generalizada com o projeto e a tentativa de censura. As redes sociais, especialmente o X, demonstraram mais uma vez seu poder como ferramenta de mobilização e expressão popular. A tag rapidamente ganhou tração, com milhares de postagens criticando o projeto de lei e alertando sobre seus perigos para a liberdade de expressão e o controle das redes sociais. Usuários das redes sociais expressaram sua indignação com o que muitos chamaram de tentativa de censura e controle da informação. As postagens variaram desde críticas diretas ao governo e à Globo até análises detalhadas dos impactos potenciais do PL da Globo sobre a liberdade de expressão no país. Diversos parlamentares da oposição usaram as redes sociais para manifestar seu repúdio ao PL da Globo. Deputados como Carla Zambelli (PL-SP) e Eduardo Bolsonaro (PL-SP) criticaram o projeto e alertaram para os riscos de se limitar a liberdade de expressão. "Não podemos permitir que o governo e a grande mídia imponham censura às redes sociais. A liberdade de expressão é um direito fundamental", declarou Zambelli em uma de suas postagens. Organizações da sociedade civil também se mobilizaram rapidamente. Instituições como a Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) emitiram notas de repúdio ao projeto, destacando a importância de manter a liberdade de imprensa e a livre circulação de informações. O episódio desta terça-feira é mais um capítulo na luta contínua contra tentativas de censura e controle da informação no Brasil. A rápida mobilização popular contra o PL da Globo demonstra a vigilância da sociedade em relação às ameaças à liberdade de expressão e a disposição para resistir a medidas autoritárias. A articulação do PL da Globo e a reação relâmpago da população brasileira mostram a dinâmica complexa entre governo, mídia tradicional e redes sociais. A queda de audiência da Globo e a crise de aprovação do governo Lula motivaram a tentativa de controle das redes sociais, mas a resposta imediata e contundente da população revela um cenário onde a liberdade de expressão é defendida com fervor. Este episódio destaca a importância das redes sociais como ferramenta de mobilização e resistência, reafirmando seu papel crucial na manutenção da democracia e na proteção dos direitos fundamentais.

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado