Globo é acusada por internautas de 'explorar' desastre por audiência: ‘Lixo’ Globo é acusada por internautas de 'explorar' desastre por audiência: ‘Lixo’ Globo é acusada por internautas de 'explorar' desastre por audiência: ‘Lixo’ Pular para o conteúdo principal
;

Globo é acusada por internautas de 'explorar' desastre por audiência: ‘Lixo’

Na esteira do desastre que assola o Rio Grande do Sul, a TV Globo encontra-se sob fogo cruzado da crítica pública. A decisão da emissora de enviar seus jornalistas e apresentadores para a região atingida por enchentes e deslizamentos foi rapidamente rotulada como exploração do sofrimento alheio em busca de audiência. Ana Paula Araújo surgiu diretamente do local para comandar o "Bom Dia Brasil", enquanto Patrícia Poeta, natural do estado, apresentou o "Encontro" de uma área afetada pelas catástrofes.
No entanto, as redes sociais fervilharam com indignação. Uma usuária do X, ex-Twitter, expressou sua repulsa: "Não estou aguentando essa cara de bost* da Patrícia Poeta. Globo e a Capacho estão ali explorando o desastre. Mas que nojo, lixo!". Outro internauta foi ainda mais incisivo: "Mas e a TV Globo, que até ontem só falava de Madonna, ‘descobriu’ que o Sul está de baixo d’água e mandou até Patrícia Poeta (sem maquiagem, para ajudar na narrativa que fazem jornalismo de verdade) para apresentar o problema lá da rua". A indignação foi alimentada pelo contraste com o foco anterior da mídia, incluindo a própria Globo, em assuntos considerados mais leves ou de entretenimento. Além de Ana Paula e Poeta, William Bonner anunciou que iria apresentar o "Jornal Nacional" diretamente do Rio Grande do Sul para cobrir o momento dramático que o estado vivencia. A crítica se concentrou na percepção de que a cobertura da Globo foi sensacionalista, utilizando o sofrimento humano como espetáculo para atrair audiência, em vez de fornecer uma cobertura jornalística objetiva e informativa. Diante das acusações, a emissora ainda não se pronunciou oficialmente. No entanto, a discussão sobre os limites éticos da cobertura jornalística em situações de desastre natural ganhou destaque nas redes sociais e entre especialistas em comunicação. Enquanto alguns defendem que é papel dos meios de comunicação informar o público sobre eventos significativos que afetam comunidades inteiras, outros argumentam que a exploração sensacionalista do sofrimento humano para ganho de audiência é moralmente questionável e desrespeitoso com as vítimas. Esta não é a primeira vez que a TV Globo enfrenta críticas por sua cobertura jornalística. A emissora já foi alvo de controvérsias no passado, tanto por sua abordagem sensacionalista de eventos quanto por sua suposta parcialidade política. Em meio à polêmica atual, a discussão sobre os padrões éticos e morais da mídia continua a ser um ponto central de debate na sociedade contemporânea. Enquanto a busca por audiência e lucro muitas vezes colide com a responsabilidade social e ética da imprensa, a necessidade de um jornalismo responsável e comprometido com a verdade e a imparcialidade permanece como um imperativo moral inegociável. Diante da tragédia no Rio Grande do Sul, a reflexão sobre o papel dos meios de comunicação na cobertura de eventos desse tipo torna-se ainda mais premente. É essencial que a mídia busque um equilíbrio entre a necessidade de informar o público e o respeito às vítimas, evitando a exploração sensacionalista do sofrimento humano em prol de interesses comerciais.

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado