Esquerda propaga fake news absurda contra Bolsonaro nas redes Esquerda propaga fake news absurda contra Bolsonaro nas redes Esquerda propaga fake news absurda contra Bolsonaro nas redes Pular para o conteúdo principal
;

Esquerda propaga fake news absurda contra Bolsonaro nas redes

Nas redes sociais, especialmente no X/Twitter, surgiram alegações infundadas de que o ex-presidente Jair Bolsonaro seria o responsável pela nova cobrança de 20% sobre compras de até US$ 50 em sites como Shein e AliExpress. Essas alegações estão sendo disseminadas por grupos de esquerda como uma forma de desviar as responsabilidades do atual governo Lula sobre o tema. A realidade é que a inclusão dessa taxa resulta de pressões de empresas do varejo brasileiro, que argumentavam sobre a concorrência desleal com plataformas internacionais. O avanço da proposta na Câmara dos Deputados foi fruto de um acordo entre o presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL), e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Isso culminou na decisão dos parlamentares de implementar uma taxação de 20% sobre importações de até US$ 50.
A medida foi incorporada ao projeto de lei que regulamenta o Programa Mobilidade Verde e Inovação (Mover), aprovado no plenário da Câmara e agora segue para o Senado. A votação foi simbólica, uma estratégia para evitar que os parlamentares se comprometessem com uma questão impopular. O relator do projeto, deputado Átila Lira (PP-PI), foi quem incluiu a nova taxação. Atualmente, pela legislação vigente, produtos abaixo de US$ 50 são isentos de imposto de importação. A nova regra, se aprovada, mudará essa isenção, impondo uma cobrança de 20% para compras internacionais de até US$ 50 e um imposto de 60% para compras de até US$ 3.000, com um desconto de US$ 20 sobre o tributo devido. Portanto, é importante esclarecer que a responsabilidade pela nova taxação não pode ser atribuída ao ex-presidente Jair Bolsonaro, mas sim ao atual governo e ao acordo realizado no Congresso. A disseminação de informações incorretas serve apenas para confundir a opinião pública e desviar o foco das verdadeiras responsabilidades.

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado