Bolsonaro já tem previsão de alta Bolsonaro já tem previsão de alta Bolsonaro já tem previsão de alta Pular para o conteúdo principal
;

Bolsonaro já tem previsão de alta

O ex-presidente Jair Bolsonaro encontra-se hospitalizado devido a uma erisipela, uma infecção cutânea provocada por bactérias, que afetou sua perna. Médicos especialistas prescreveram um tratamento urgente, baseado na administração de antibióticos intravenosos, os quais devem ser administrados até quarta-feira (15).
A erisipela é uma condição dermatológica que demanda atenção médica imediata devido ao risco de complicações, especialmente em pacientes com sistemas imunológicos comprometidos. No caso do ex-presidente Bolsonaro, a infecção atingiu sua perna, exigindo cuidados médicos intensivos. Os médicos responsáveis pelo tratamento indicaram dois antibióticos específicos: Daptomicina e Ceftriaxone. Estes medicamentos são administrados pela equipe médica através de injeções intravenosas, visando combater a infecção de forma eficaz e rápida. A previsão é que, após a conclusão do tratamento com antibióticos até quarta-feira (15), o ex-presidente Bolsonaro esteja apto para receber alta médica a partir de quinta-feira (16). Essa notícia traz um alívio para seus apoiadores e familiares, que acompanham de perto seu estado de saúde. A equipe médica responsável pelo caso tem se mantido cautelosa em relação ao prognóstico, ressaltando a importância do cumprimento rigoroso do tratamento prescrito para evitar recorrências da infecção. A erisipela, se não tratada adequadamente, pode levar a complicações graves, incluindo a disseminação da infecção para outras partes do corpo. Enquanto isso, o público tem acompanhado de perto as atualizações sobre o estado de saúde do ex-presidente Bolsonaro, manifestando apoio e desejos de pronta recuperação nas redes sociais. A preocupação com a saúde do político também tem gerado debates sobre questões relacionadas à segurança e bem-estar dos líderes políticos. O tratamento médico do ex-presidente Bolsonaro trouxe à tona discussões sobre a importância do acesso à saúde de qualidade para todos os cidadãos, independentemente de sua posição política ou social. Questões como a necessidade de investimentos em infraestrutura hospitalar e políticas de saúde preventiva têm sido levantadas em meio ao contexto do tratamento do ex-presidente. Enquanto Bolsonaro permanece internado, autoridades e líderes políticos têm enviado mensagens de apoio e solidariedade, desejando sua pronta recuperação. O caso também levanta debates sobre a saúde dos líderes políticos e a transparência na divulgação de informações sobre seu estado de saúde. A internação do ex-presidente Bolsonaro por conta da erisipela na perna também ressalta a importância da prevenção de doenças dermatológicas, especialmente em indivíduos expostos a fatores de risco, como é o caso de Bolsonaro, que tem uma agenda pública intensa e está frequentemente em contato com diversas pessoas. A eficácia do tratamento prescrito dependerá do acompanhamento médico constante e do cumprimento das orientações dos profissionais de saúde. A administração dos antibióticos Daptomicina e Ceftriaxone visa controlar a infecção e prevenir complicações futuras, garantindo a rápida recuperação do paciente. Enquanto Bolsonaro permanece sob cuidados médicos, o país aguarda com expectativa sua pronta recuperação e retorno às atividades normais. A saúde dos líderes políticos é uma preocupação de todos os cidadãos, e o tratamento do ex-presidente Bolsonaro serve como um lembrete da importância de priorizar a saúde e o bem-estar de todos os indivíduos, independentemente de sua posição política.

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado