Tragédia: Boxeador morre após ser nocauteado durante Luta Tragédia: Boxeador morre após ser nocauteado durante Luta Tragédia: Boxeador morre após ser nocauteado durante Luta Pular para o conteúdo principal
;

Tragédia: Boxeador morre após ser nocauteado durante Luta

O mundo do boxe está de luto com a morte de Ardi Ndembo, que estava internado em um hospital em Miami há três semanas após sofrer um brutal nocaute contra Mario Santana durante um evento da Team Combat League que enfrentava os times Las Vegas Hustle e Miami Assassins.
Ndembo, de 27 anos, natural de Brazzaville (República do Congo) mas residente na África do Sul, estava nos Estados Unidos há alguns meses. Em 5 de abril, ele subiu ao ringue para enfrentar o cubano “Toro” Santana, como parte da equipe de Las Vegas. No entanto, o combate durou menos de um minuto: o africano caiu na lona e não se levantou mais. FLYADS Santana, que durante a luta fazia seu próprio show para a plateia, acertou vários golpes no rosto de seu oponente, sendo um impacto com o punho esquerdo o que enviou Ndembo ao chão. Uma vez caído, as autoridades de saúde levantaram suas pernas e o colocaram de lado, até que a transmissão parou de mostrar o que estava acontecendo. Inicialmente, Ndembo foi levado às pressas para o Jackson Memorial Hospital “em condições muito ruins”. Lá, ele foi submetido a uma cirurgia de emergência para aliviar a pressão no cérebro e posteriormente colocado em coma induzido. Após mais de 20 dias internado, foi informado que Ndembo havia falecido. A tragédia gerou comoção entre os membros da comunidade de boxe, com muitos expressando suas condolências e apoio à família enlutada. Ndembo tinha um histórico de oito lutas como profissional, todas elas com vitórias, sendo sete delas por nocaute. O evento Team Combat League é conhecido por seu formato único de liga de boxe baseado em times, onde cada luta é dividida em 24 rodadas de três minutos. No confronto em questão, Miami Assassins venceu Las Vegas Hustle por 229-200.

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado