Tarcísio mostra que não vai tolerar os invasores do MST Tarcísio mostra que não vai tolerar os invasores do MST Tarcísio mostra que não vai tolerar os invasores do MST Pular para o conteúdo principal
;

Tarcísio mostra que não vai tolerar os invasores do MST

Em uma entrevista à CNN Brasil na tarde de segunda-feira (15), o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas, afirmou veementemente que o estado não tolerará invasões de terra. As declarações surgem em meio à crescente agitação provocada pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) em todo o país. "Não vamos permitir invasões em SP", declarou Tarcísio, enfatizando a posição firme do governo estadual. Segundo informações divulgadas, duas cidades paulistas, Agudos e Campinas, foram alvo de invasões, mas já foram desmobilizadas pelas autoridades. "Temos sido rápidos nestas desmobilizações", destacou o governador, ressaltando a eficiência das ações do governo paulista em conter tais movimentos. Essas invasões fazem parte de uma série de manifestações conhecidas como Abril Vermelho, organizadas pelo MST em várias regiões do Brasil. De acordo com dados divulgados pelo movimento à CNN, até o momento foram contabilizadas 21 invasões de terra em 10 estados brasileiros, incluindo Sergipe, Pernambuco, Paraná, Rio Grande do Norte, Bahia, Pará, Santa Catarina, São Paulo, Distrito Federal, Goiás e Rio de Janeiro. Além das invasões de terra, o MST também está promovendo outras ações, como ocupações em órgãos governamentais, marchas e acampamentos, em um esforço para reivindicar uma reforma agrária mais ampla e efetiva. Essas ações coincidem com o lançamento de um programa de reforma agrária pelo governo de Luiz Inácio Lula da Silva, ex-presidente do Brasil. O movimento divulgou uma carta justificando suas ações, destacando a situação de mais de 105 mil famílias acampadas e exigindo a aplicação do artigo 184 da Constituição Federal, que prevê a desapropriação de terras improdutivas e o acesso democrático à terra para fins de produção agrícola. Entre as atividades programadas pelo MST estão ocupações em órgãos como o Incra em Santa Catarina, uma marcha na Bahia de Feira de Santana até Salvador, uma sessão solene em homenagem aos 40 anos do movimento na Assembleia Legislativa de São Paulo, e um acampamento na Curva do S, local do massacre de Eldorado do Carajás, no Pará. A jornada de lutas promovida pelo MST busca chamar a atenção para a questão da reforma agrária e pressionar o governo a adotar medidas concretas para resolver os problemas enfrentados pelos trabalhadores rurais sem terra no Brasil. Diante desses acontecimentos, o governo de São Paulo reafirma seu compromisso com a ordem pública e o respeito à propriedade privada, ao mesmo tempo em que reconhece a importância do diálogo e do entendimento mútuo na busca por soluções para os desafios sociais enfrentados pelo país.

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado