PGR afirma que Janones ultrapassou todos os limites contra Bolsonaro PGR afirma que Janones ultrapassou todos os limites contra Bolsonaro PGR afirma que Janones ultrapassou todos os limites contra Bolsonaro Pular para o conteúdo principal
;

PGR afirma que Janones ultrapassou todos os limites contra Bolsonaro

A Procuradoria-Geral da República (PGR) se pronunciou, nesta quarta-feira, 17, a favor de que o Supremo Tribunal Federal (STF) aceite uma queixa-crime apresentada pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) contra o deputado federal André Janones (Avante-MG).
Bolsonaro acusa Janones de calúnia e injúria devido a declarações e xingamentos feitos pelo congressista em seu perfil no X, antigo Twitter, nos meses de março e abril de 2023. O deputado, em suas postagens, chamou Bolsonaro de assassino, miliciano, ladrão de joias, ladrãozinho de joias e bandido fujão, além de afirmar que o ex-presidente seria responsável pela morte de milhares de pessoas durante a pandemia. URGENTE! Bolsonaro acaba de deixar a sede da PF! O assassino da pandemia pensou que ia estar lotado de gado lhe esperando mas se ferrou: não tinha nenhum apoiador e ele saiu de escorraçado aos gritos de “genocida”, “miliciano” e “ladrão de joias” De acordo com reportagem da CNN, no parecer emitido, o vice-procurador-geral da República Hindenburgo Chateaubriand Filho afirmou que Janones, ao se referir a Bolsonaro como miliciano, ladrão de joias, bandido fujão e assassino, ultrapassou os limites da liberdade de expressão e da imunidade parlamentar material. Segundo o vice-procurador-geral, o contexto das declarações parece estar distante do debate político e parece ter como único objetivo atingir a pessoa contra quem as palavras foram dirigidas. Na queixa apresentada, Bolsonaro argumenta que as declarações são ofensivas à sua honra. Em sua manifestação no processo, Janones alegou que suas afirmações são genéricas e abstratas, sem especificar a vítima, e estão protegidas pela imunidade parlamentar. O deputado não mencionou explicitamente o nome de Bolsonaro nas postagens. A relatora do caso no STF é a ministra Cármen Lúcia. Ainda não há um prazo definido para que ela se manifeste sobre a posição da PGR. Sérgio Camargo processa André Janones por injúria racial Em 2022, o ex-presidente da Fundação Palmares Sérgio Camargo processou André Janones por injúria racial, após a discussão que os dois tiveram nos bastidores do debate da Band. No bate-boca, Janones chamou Camargo, que era apoiador de Bolsonaro, de “racista”, “capitão do mato” e “vagabundo”. Após o episódio, o ex-presidente da Fundação Palmares anunciou a ação nas redes sociais e chamou Janones de “racista de esquerda”. Sérgio Camargo presidiu a Fundação Palmares entre janeiro de 2019 e março de 2022, quando deixou o cargo para disputar as eleições pelo PL, partido de Bolsonaro. Com informações o Antagonista

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado