Lula vai apela ao STF após não conseguir impedir Pauta pela forma democrática Lula vai apela ao STF após não conseguir impedir Pauta pela forma democrática Lula vai apela ao STF após não conseguir impedir Pauta pela forma democrática Pular para o conteúdo principal
;

Lula vai apela ao STF após não conseguir impedir Pauta pela forma democrática

O Palácio do Planalto sob a gestão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está atualmente avaliando estratégias para impedir o avanço da pauta de liberação das armas no Congresso Nacional. Diante da percepção de que a colaboração dos presidentes da Câmara, Arthur Lira, e do Senado, Rodrigo Pacheco, é insuficiente para deter a iniciativa, o governo considera a possibilidade de levar a questão ao Supremo Tribunal Federal (STF).
Nos bastidores, membros da cúpula do Ministério da Justiça reconhecem que, em um ano eleitoral, será desafiador manter resistências significativas em relação às propostas levantadas pela chamada bancada da bala. Uma das medidas em debate é aquela que concede aos estados a competência para legislar sobre posse e porte de armas de fogo para defesa pessoal, práticas esportivas e controle de espécies exóticas invasoras. Apesar das preocupações crescentes tanto da bancada evangélica quanto de parte dos próprios governistas, o receio no Planalto é que o processo legislativo siga o mesmo padrão observado no caso do projeto que restringiu as saídas temporárias, quando até mesmo congressistas da base aliada votaram a favor da medida. O desenrolar da situação remonta à última quarta-feira (24), quando a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou, por uma margem estreita de 34 a 30 votos, o Projeto de Lei Complementar (PLP 108/23) que autoriza estados e o Distrito Federal a legislarem sobre o tema das armas de fogo. O projeto teve à frente a deputada Caroline de Toni (PL-SC) como presidente da comissão. É importante ressaltar que durante o governo do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), uma série de decretos, portarias e instruções normativas foram implementados para flexibilizar as disposições do Estatuto do Desarmamento, facilitando a distribuição de armamentos. Parte dessas medidas foi revogada durante o início da gestão de Lula. Agora, deputados retomaram a ofensiva na CCJ. Diante desse cenário, o governo agora aguarda que, de alguma forma, a pauta não avance, contando com decisões de Lira e Pacheco nos plenários da Câmara e do Senado. Em último caso, membros da base governista cogitam apresentar recursos ao STF alegando a inconstitucionalidade do projeto, argumentando que questões relacionadas à política de armas são de competência exclusiva do Executivo Federal.

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado