Em conversa com Gilmar, Moro rifou Deltan, Bretas e ainda citou Bolsonaro Em conversa com Gilmar, Moro rifou Deltan, Bretas e ainda citou Bolsonaro Em conversa com Gilmar, Moro rifou Deltan, Bretas e ainda citou Bolsonaro Pular para o conteúdo principal
;

Em conversa com Gilmar, Moro rifou Deltan, Bretas e ainda citou Bolsonaro

O senador Sergio Moro (Podemos) esteve em uma conversa com o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF). O encontro aconteceu nesta terça-feira (4), segundo informações do site Metrópoles.
A matéria diz que Moro rifou os seus colegas Deltan Dallagnol e Marcelo Bretas. A ação, segundo o Metrópoles, foi uma tentativa de distanciar dos desafetos do Supremo. É dito que, além dos dois, estava na conversa o senador Wellington Fagundes, do PL do Mato Grosso, que intermediou o encontro. O ex-juiz da Lava Jato teria falado pouco, mesmo o encontro tendo durado cerca de uma hora e meia. De ímpeto, Moro teria negado que tenha cometido qualquer crime que justifique uma investida como a que o corregedor nacional de Justiça, Luís Felipe Salomão, vem anunciando que fará, ao encaminhar ao Supremo Tribunal Federal (STF) o relato de suspostos desvios encontrados na 13ª Vara de Curitiba, em que Moro foi titular e de onde comandou a força tarefa que prendeu vários políticos. Apesar das falas, o magistrado do STF teria sido duro e enfático. “Você e Dallagnol roubavam galinha juntos. Não diga que não, Sergio”, teria dito Gilmar, segundo o Metrópoles, que pontuou que a todo o tempo foi tratado de ‘ministro’ e ‘senhor’ por Moro, a quem o integrante supremo preferia responder simplesmente por ‘Sergio’ e ‘você’. “Tudo o que a Vaza Jato revelou, eu já sabia que você e Dallagnol faziam. Vocês combinavam o que estaria nas peças. Não venha dizer que não”, teria continuado Gilmar. Mesmo com o parlamentar tentando adotar um tom de tranquilidade e pacificação, a investida não deu muito certo ao que parece. O ex-ministro do governo Bolsonaro, prosseguindo, teria também assegurado que nunca atacou o Supremo e nem concordava com as críticas e oposições que o tribunal sofria. O ex-juiz, ainda conforme a matéria, chegou a comentar que rompeu com Jair Bolsonaro (PL) quando percebeu, em 2020, que estava sendo usado pelo então presidente. Gilmar, logo adiante, teria aumentado o tom: “Você faltou a muitas aulas, Sergio. Curitiba não te ajudou em nada. Aproveite que está no Senado e estude um pouco. A biblioteca do Senado é ótima, você deveria frequentar”.

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado