Comissão no Senado quer ouvir Elon Musk Comissão no Senado quer ouvir Elon Musk Comissão no Senado quer ouvir Elon Musk Pular para o conteúdo principal
;

Comissão no Senado quer ouvir Elon Musk

Na terça-feira (9), a Comissão de Segurança Pública do Senado Federal aprovou um requerimento para convidar o bilionário Elon Musk a participar de uma audiência pública. O objetivo principal seria debater sobre os chamados "Twitter Files Brazil", documentos supostamente relacionados à rede social X que sugerem interferência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nas eleições presidenciais de 2022. O requerimento foi proposto pelo senador Eduardo Girão (Novo-CE) e pode abrir precedente para que representantes de outras plataformas digitais também sejam convocados a prestar esclarecimentos. A decisão da Comissão de Segurança Pública reflete a crescente preocupação com as questões de segurança cibernética e transparência no cenário político brasileiro. Essa semana, o clima de tensão entre Elon Musk e o magistrado do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes atingiu um novo patamar. O bilionário acusou o ministro de agir como um "ditador", afirmou que ele mantém o presidente Luiz Inácio Lula da Silva "na coleira" e declarou sua intenção de descumprir ordens judiciais emitidas por Moraes. Em resposta às críticas de Musk, Alexandre de Moraes determinou a inclusão do empresário na lista de investigados no inquérito das milícias digitais, uma investigação em curso que visa apurar supostos ataques e difamações contra membros do STF nas redes sociais. Além disso, por ordem do ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, a Polícia Federal (PF) irá iniciar uma investigação para averiguar se Elon Musk cometeu algum crime ao ameaçar descumprir decisões do STF e ao criticar publicamente a conduta judiciante de Alexandre de Moraes. Essa medida demonstra a seriedade com que o governo brasileiro está tratando as declarações polêmicas do empresário e sua repercussão na esfera jurídica e institucional do país. A convocação de Elon Musk para a audiência pública no Senado Federal promete ser um evento de grande importância, não apenas para discutir as alegações levantadas pelos "Twitter Files Brazil", mas também para abordar as tensões crescentes entre o empresário e as autoridades judiciais brasileiras. O encontro oferecerá uma oportunidade única para esclarecer questões cruciais relacionadas à liberdade de expressão, transparência nas redes sociais e o papel das plataformas digitais no processo democrático. Espera-se que a audiência proporcione um debate aberto e construtivo sobre esses temas complexos, permitindo uma análise aprofundada das questões em jogo e fornecendo insights valiosos para orientar futuras políticas e regulamentações relacionadas à segurança cibernética e à integridade eleitoral. O comparecimento de Elon Musk diante do Senado Federal pode lançar luz sobre importantes aspectos das relações entre tecnologia, política e justiça no Brasil contemporâneo.

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado