Barroso minimiza divulgação de despachos do STF “problema” dos EUA Barroso minimiza divulgação de despachos do STF “problema” dos EUA Barroso minimiza divulgação de despachos do STF “problema” dos EUA Pular para o conteúdo principal
;

Barroso minimiza divulgação de despachos do STF “problema” dos EUA

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, abordou nesta quinta-feira (18) a questão da divulgação de documentos da Corte por membros do Congresso dos Estados Unidos. Em declarações à imprensa após a abertura de uma exposição na sede do STF, Barroso minimizou a importância do ocorrido, afirmando que não há "problema nenhum" na divulgação desses documentos pelos deputados americanos.
Segundo Barroso, essa questão é considerada um "problema interno dos Estados Unidos". Sua resposta veio em meio às recentes revelações feitas pela ala republicana da Comissão de Justiça no Congresso dos Estados Unidos, que divulgou um relatório acusando uma suposta "censura do governo brasileiro" ao antigo Twitter, bem como a outras redes sociais como Facebook e Instagram. O relatório dos deputados republicanos inclui 88 decisões do STF e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinando a retirada de perfis das plataformas. Muitas dessas decisões foram atribuídas ao ministro Alexandre de Moraes, em processos que tramitam sob sigilo no STF. Em resposta às alegações do relatório, o STF divulgou uma nota esclarecendo que os documentos vazados pela ala republicana da Comissão de Justiça dos EUA são apenas os ofícios enviados às plataformas, solicitando a remoção dos perfis. O tribunal enfatizou que esses documentos não reproduzem a íntegra das decisões fundamentadas que justificaram a medida, as quais foram devidamente assinadas pelo ministro Alexandre de Moraes. "Todas as decisões tomadas pelo STF são fundamentadas, conforme prevê a Constituição, e as partes afetadas têm acesso à fundamentação", afirmou um comunicado divulgado à imprensa pela Secretaria de Comunicação do tribunal. Os documentos divulgados pelos deputados republicanos reúnem mais de 500 páginas de ordens de Moraes. A maioria desses despachos segue uma estrutura discursiva semelhante, com um texto padrão escrito pela equipe do ministro. Esses documentos estabelecem prazos para a remoção dos perfis e preveem multas diárias de R$ 100 mil em caso de descumprimento. A divulgação desses documentos gerou polêmica e debate sobre a atuação do STF, especialmente em relação à transparência de suas decisões e à proteção dos direitos à liberdade de expressão e acesso à informação. A controvérsia continua alimentando discussões tanto no Brasil quanto internacionalmente, destacando a importância do debate sobre a independência do Poder Judiciário e o respeito ao Estado de Direito.

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado