Revelações por trás da nota que fez ministra de Lula jogar a toalha Revelações por trás da nota que fez ministra de Lula jogar a toalha Revelações por trás da nota que fez ministra de Lula jogar a toalha Pular para o conteúdo principal
;

Revelações por trás da nota que fez ministra de Lula jogar a toalha

Uma nota técnica publicada pelo Ministério da Saúde na quarta-feira (28) provocou uma onda de indignação e mobilização por parte da sociedade brasileira. A medida revogava uma orientação do governo Jair Bolsonaro que fixava um prazo para o aborto legal, deixando em vigor o que está estabelecido no Código Penal, que não estipula um limite de tempo para a interrupção da gravidez nos casos previstos em lei. Essa decisão gerou críticas contundentes por parte de diversos setores da sociedade. O senador Eduardo Girão (Novo-CE) foi um dos parlamentares que criticou veementemente a medida, destacando que ela ampliaria a permissão do aborto em qualquer idade gestacional. Girão afirmou que essa revogação representaria um verdadeiro infanticídio, permitindo o aborto de bebês com até nove meses de vida à beira do nascimento. Ele classificou a nota técnica como uma tentativa de "encobrir a gravidade do ato" por meio de "chavões ideológicos". Após intensa pressão da sociedade e diante das críticas recebidas, a ministra da Saúde, Nísia Trindade, decidiu suspender a nota na quinta-feira (29). A revogação da medida foi vista como uma vitória para aqueles que se posicionam contra a ampliação do aborto e como uma derrota para aqueles que defendem uma legislação mais flexível em relação ao tema. O senador Girão também destacou outra medida polêmica do governo, a derrubada de uma portaria que estabelecia que os serviços de saúde deveriam comunicar às autoridades policiais os casos de aborto decorrentes de estupro, preservando materiais que pudessem auxiliar na identificação do estuprador por meio de exames genéticos. Para Girão, essa revogação estimularia a prática do aborto em casos de estupro e prejudicaria a investigação e punição dos criminosos. Dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) citados pelo senador revelam que são praticados cerca de 800 mil estupros por ano no Brasil, o que representa um caso a cada dois minutos. Esses números alarmantes reforçam a gravidade do problema e a necessidade de medidas eficazes para proteger as vítimas e punir os agressores. Diante dessas revelações e da intensa pressão da sociedade, a ministra Nísia Trindade decidiu recuar e suspender a polêmica nota técnica, demonstrando sensibilidade para com as preocupações e demandas da população brasileira. No entanto, a discussão sobre o tema do aborto e das políticas de saúde pública continua sendo um ponto de conflito e debate na sociedade brasileira, evidenciando a complexidade e a sensibilidade desse assunto.

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado