PCO monta palanque para chefe do Hamas PCO monta palanque para chefe do Hamas PCO monta palanque para chefe do Hamas Pular para o conteúdo principal
;

PCO monta palanque para chefe do Hamas

PCO voltou a dar palanque ao chefe do braço político do Hamas, Ismail Haniyeh. No sábado, 2, o Partido da Causa Operária compartilhou um vídeo em suas redes sociais do encontro realizado entre o presidente do partido, Rui Costa Pimenta (à esquerda na foto), e Haniyeh (à direita) no Catar. Em “mensagem ao povo brasileiro”, o líder do grupo terrorista disse que os mujahideen e a brigada Al-Qassam não tinham como alvo os civis nos ataques realizados contra Israel em 7 de outubro de 2023. “Os mujahideen e os combatentes das Brigadas Al-Qassam, no dia 7 de outubro, conforme orientação do chefe do estado-maior da resistência, o irmão Mujahid Muhammad Al-Deif, não tinham como alvos os civis e nem o objetivo de matar sequer uma criança ou uma mulher”, afirmou o terrorista. “Nunca temos como alvo os civis, e a nossa resistência e as Brigadas Al-Qassam têm sempre como alvo o exército de ocupação e os colonos que estão espalhando estragos nas nossas terras”, acrescentou. 

As mentiras do Hamas 

Embora Haniyeh diga que o Hamas não tenha civis como alvos, 1.200 inocentes foram assassinados nos ataques de 7 outubro, além de 239 que foram feitos reféns. Mulheres foram agredidas e estupradas, e crianças, como o bebê Kfir Bibas, que completou um ano de vida em 18 de janeiro, foram levadas de seus pais e mantidas em cativeiro. 

Palestinos como escudos  

Além de judeus, o Hamas também abusa dos civis palestinos, utilizando-os como escudos diante da resposta israelense ao terror. Como mostramos, Haniyeh afirmou em vídeo que os palestinos não deixarão a Faixa de Gaza ou a Cisjordânia apesar dos apelos do Exército israelense. “Eu digo aos nossos irmãos do Egito que a nossa decisão é ficar no nosso país”, disse Haniyeh, que vive em Doha, no Catar, desde 2020. ​​“Não haverá migração a partir de Gaza ou da Cisjordânia. Não haverá migração de Gaza para o Egito. Nenhum de nós podemos aceitar isso”, acrescentou. 

“Precisamos desse sangue” 

Haniyeh também já demonstrou a importância que a morte de civis palestinos tem para os seus terroristas. “Eu convoco a todos — todas as pessoas livres do mundo, todos os países amigos, os países irmãos (árabes) e os aliados — a fazer toda pressão necessária em todas as direções, em todos os fóruns, para acabar com a agressão contra Gaza. Para parar com a guerra contra as nossas crianças, mulheres e idosos. Nossas mesquitas, nossas universidades, nossas casas. Essa agressão brutal deve parar. O novo Holocausto deve parar. Eu já disse antes e repito agora: o sangue das mulheres, das crianças, dos idosos — eu não estou dizendo que esse sangue está pedindo pela ajuda de vocês.
Somos nós que precisamos desse sangue, para que ele desperte o espírito revolucionário entre nós. Para que ele desperte em nós a determinação. Para que desperte em nós o espírito de desafio e nos empurre para seguir em frente”, disse Hanieyh ao canal de televisão libanês do Hezbollah Al Mayadeen. 

Distorção do terrorismo

Rui Costa Pimenta, presidente do PCO, defende o terrorismo como “método de luta”, não como um crime. “Criou-se um misticismo de caráter quase religioso contra o terrorismo. Algo que é muito favorável às forças reacionárias do mundo. O terrorismo é um método de luta, não é um crime, não é uma maldição do inferno. Por exemplo, a resistência francesa. Por que eu a uso de exemplo? Porque é muito famosa, muito badalada e porque ela era comandada por pessoas altamente respeitáveis como, por exemplo, o general De Gaulle. O que era a resistência francesa? Uma organização terrorista. Não sou eu que estou falando, eles mesmos falam. No hino da resistência francesa, o canto dos partisanos, a letra fala o seguinte: ‘esta noite o inimigo conhecerá o preço do sangue e das lágrimas. Subam da mina, desçam da colina, tirem a palha dos fuzis, a metralha, as granadas. Os matadores, com balas e facas, matem rápido. Ei, sabotador, cuidado com a sua carga, dinamite.’ Eu vi o presidente de direita, (Nicolás) Sarkozy, cantando esse hino em uma solenidade. Se perguntasse aos partisanos se eles são terroristas, eles diriam: sim! Por isso não devemos nos deixar levar pelo imperialismo, pela campanha reacionária.”

O Antagonista

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado