Lula relativiza ditadura e mente sobre choro Lula relativiza ditadura e mente sobre choro Lula relativiza ditadura e mente sobre choro Pular para o conteúdo principal
;

Lula relativiza ditadura e mente sobre choro

Lula (foto) voltou a fingir nesta quarta-feira, 6, que está tudo bem com a democracia venezuelana e aproveitou para mentir também sobre a democracia brasileira.
Questionado sobre as eleições da Venezuela, que serão comandadas mais uma vez pela ditadura de Nicolás Maduro, o petista pediu “presunção de inocência”. “Eu espero que as eleições sejam as mais democráticas possíveis”, disse Lula durante entrevista coletiva ao lado do presidente do Governo espanhol, Pedro Sánchez, acrescentando que Maduro lhe disse que “vai convocar todos os olheiros do mundo que quiserem assistir [a]o processo eleitoral na Venezuela”.
“Além disso, o que eu posso esperar? Que haja as eleições para a gente saber se foram democráticas ou não”, concluiu, aproveitando para voltar a bater em Jair Bolsonaro, dizendo que ele não aceita o resultado da eleição de 2022. O petista também aludiu à própria prisão ao comentar a questão venezuelana. “Fui impedido de concorrer às eleições de 2018. Ao invés de ficar chorando, eu indiquei o outro candidato e [ele] disputou as eleições”, comentou.

A verdade

Maria Corina Machado foi impedida de disputar a eleição deste ano por perseguição do regime de Maduro, não por relação imobiliária com empreiteiras envolvidas em esquema de corrupção. Lula diz que não ficou chorando em 2018, mas chorou à época, empurrando a candidatura até o limite legal, chora até hoje e age para se vingar de juízes e procuradores. O Conselho Nacional Eleitoral (CNE) da Venezuela anunciou na terça-feira, 5, que as eleições presidenciais deste ano ocorrerão em 28 de julho, aniversário do ex-ditador Hugo Chávez, falecido em 2013. Líder da oposição venezuelana, María Corina se recusou a participar da consulta iniciada pelo Parlamento para agendar o pleito, classificando-a como uma “manobra” para uma “via eleitoral fraudulenta”. Vitoriosa nas primárias da oposição em outubro, com quase 90% dos votos, ou mais de 2 milhões de eleitores, ela foi classificada como inelegível pela Suprema Corte venezuelana em janeiro, num processo eivado de evidentes irregularidades e denunciado por órgãos internacionais. Com informações O Antagonista 

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado