Lula é denunciado em tribunal internacional por genocídio a povos Yanomamis Lula é denunciado em tribunal internacional por genocídio a povos Yanomamis Lula é denunciado em tribunal internacional por genocídio a povos Yanomamis Pular para o conteúdo principal
;

Lula é denunciado em tribunal internacional por genocídio a povos Yanomamis

Em face ao crescimento no número de mortes dos povos Yanomamis, em razão da incapacidade do governo federal de garantir qualquer estrutura que preserve a vida daquelas pessoas, o deputado federal Gustavo Gayer apresentou, na sexta-feira (1), uma denúncia internacional contra o presidente brasileiro no Tribunal de Haia. A informação é do Jornal da Cidade. Como noticiado em vários veículos da imprensa nacional, se comparado ao governo anterior, houve um salto expressivo na quantidade de vidas indígenas perdidas sob a gestão de Lula. Em vídeo publicado nas redes sociais, o parlamentar comentou a ação. “Uma denúncia muito bem fundamentada, mostrando que Lula é um genocida”. A grave crise humanitária liderada pelo Governo Federal vem sendo condenada por institutos socioambientais brasileiros, que inclusive tem se manifestado publicamente, a exemplo do Instituto ISA (Instituto Socioambiental). Segundo o pesquisador do ISA, Estêvão Senra, o resultado mostra a “soberba” do governo em tratar um problema estrutural de forma desorganizada: “Identifico como principal falha o fato de não ter tido uma coordenação para atuação conjunta dos ministérios. Já havíamos alertado para a necessidade de uma atuação com esforços conjuntos, com a presença de uma instituição com poder de convocação. Não foi isso que tivemos”. Com os números atuais a mortalidade infantil no território yanomami é comparável à dos países com os piores índices do mundo, sendo que o número de mortes no território cresceu no segundo semestre do ano passado. Até 23 de junho, segundo o governo, foram registradas 136 mortes, e nos cinco meses seguintes foram mais 172 ocorrências. Casos de malária, gripe e doenças diarreicas também cresceram na segunda metade de 2023. Além disso, a falta de assistência médica adequada e de acesso a serviços básicos de saúde contribui para a vulnerabilidade dos Yanomamis a doenças que poderiam ser prevenidas ou tratadas com medidas simples. A ausência de políticas eficazes de proteção territorial e de preservação da cultura e dos modos de vida tradicionais também tem impactado negativamente essas comunidades, aumentando seu isolamento e fragilidade diante de ameaças externas. Nesse contexto, a denúncia internacional apresentada pelo deputado Gustavo Gayer assume um papel crucial ao chamar a atenção da comunidade internacional para a situação desses povos indígenas. Espera-se que essa ação possa pressionar o governo brasileiro a adotar medidas urgentes para proteger a vida e os direitos dos Yanomamis, garantindo-lhes acesso a serviços de saúde de qualidade e respeitando sua autonomia e dignidade.

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado