Levante inédito no Senado vai "peitar" o STF Levante inédito no Senado vai "peitar" o STF Levante inédito no Senado vai "peitar" o STF Pular para o conteúdo principal
;

Levante inédito no Senado vai "peitar" o STF

Na próxima semana, o Plenário do Senado se prepara para um debate crucial que pode desafiar diretamente o Supremo Tribunal Federal (STF) em relação à criminalização da posse e do porte de drogas em qualquer quantidade. A proposta de emenda à Constituição (PEC 45/2023) que aborda essa questão começará a ser discutida, marcando um ponto de inflexão na política nacional e provocando um levante inédito no âmbito legislativo. A PEC 45/2023, que foi aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) com amplo apoio da oposição, ganha agora destaque no Plenário do Senado, onde passará por cinco sessões de discussão antes de ser votada em primeiro turno, e por mais três discussões em segundo turno. A aprovação requer o apoio de no mínimo dois terços dos senadores, totalizando 54 votos, em ambos os turnos de deliberação. O senador Eduardo Girão, um dos defensores da PEC, destacou que esta medida não visa confrontar nenhum Poder, mas sim proteger os interesses do povo brasileiro, especialmente no que diz respeito à saúde e segurança pública. Ele enfatizou a importância de entregar essa legislação em favor do bem-estar da sociedade. Entretanto, a discussão sobre o porte de drogas também está em pauta no Supremo Tribunal Federal (STF), onde o julgamento sobre o tema foi recentemente suspenso. A Corte está avaliando a constitucionalidade de um trecho da Lei de Drogas que criminaliza o porte e a posse de drogas para consumo pessoal. Até o momento, cinco ministros do STF votaram pela inconstitucionalidade de enquadrar como crime apenas o porte de maconha para uso pessoal, enquanto três ministros votaram para manter a regra atual da Lei de Drogas. O senador Jorge Seif expressou sua preocupação com um possível entendimento favorável à descriminalização do porte de maconha, alertando para os riscos de enviar um "sinal verde" ao crime organizado. Para Seif, é essencial que o debate no Senado ocorra de maneira ampla e inclusiva, permitindo que vozes favoráveis e contrárias sejam ouvidas e que argumentos sejam considerados para aprimorar o texto da PEC. Este debate no Senado sobre a criminalização das drogas marca um momento crucial na política nacional, com o Legislativo se posicionando de forma desafiadora em relação ao judiciário, especialmente ao STF. As consequências dessas decisões terão impacto direto na sociedade brasileira e no combate ao crime e ao tráfico de drogas, tornando esse um dos temas mais controversos e debatidos do momento.

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado