Flopou: PT reúne menos de 1% de manifestantes em relação a ato de Bolsonaro Flopou: PT reúne menos de 1% de manifestantes em relação a ato de Bolsonaro Flopou: PT reúne menos de 1% de manifestantes em relação a ato de Bolsonaro Pular para o conteúdo principal
;

Flopou: PT reúne menos de 1% de manifestantes em relação a ato de Bolsonaro

O ato “pró-democracia” convocado pelo Partido dos Trabalhadores e pela esquerda em São Paulo no sábado, 23 de março de 2024, atraiu um público estimado entre 1.000 e 1.350 pessoas. Utilizando imagens de alta resolução captadas por drone, o Poder360 contabilizou meticulosamente os presentes durante o pico de concentração, das 15h57 às 15h59, chegando a um número aproximado de 1.347 participantes, muito próximo da quantidade observada na manifestação.
O evento teve lugar no largo de São Francisco, em frente à Faculdade de Direito da USP (Universidade de São Paulo), onde estiveram presentes os ex-presidentes do PT, José Dirceu e José Genoino. A escolha desse local foi motivada, em parte, pela sua significância histórica, uma vez que ali, durante a campanha eleitoral de 2022, as esquerdas e parte da sociedade civil realizaram a leitura de cartas pró-democracia. Embora tenham ocorrido atos semelhantes em várias cidades do Brasil e do exterior, a adesão dos manifestantes em São Paulo foi considerada modesta, especialmente considerando que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) obteve a maioria dos votos na cidade no segundo turno das eleições de 2022. Naquela ocasião, o petista venceu Jair Bolsonaro (PL) com 53,54% dos votos válidos na capital paulista. As manifestações de esquerda foram planejadas em todo o país logo após o ato organizado por Jair Bolsonaro na avenida Paulista em 25 de fevereiro. A mobilização foi amplamente divulgada pelos canais de comunicação do PT, incluindo o Telegram e o site oficial do partido, além de convocações feitas pela presidente nacional da sigla, deputada federal Gleisi Hoffmann, em suas redes sociais. Apesar da tentativa de resposta à mobilização bolsonarista, as manifestações do sábado, 23 de março de 2024, tanto em São Paulo quanto em outras cidades, atraíram consideravelmente menos pessoas. Antes dos eventos, a organização das manifestações de esquerda não forneceu estimativas de público. Em Salvador, por exemplo, onde o PT está no governo há 17 anos, a expectativa inicial era de cerca de 10.000 participantes, mas apenas pouco mais de 1.000 compareceram. Para calcular o público presente em São Paulo, o Poder360 realizou várias capturas aéreas com drone entre as 15h50 e as 16h. Como o número de participantes era relativamente baixo, foi possível contar individualmente cada pessoa, utilizando imagens de alta resolução analisadas em um computador iMac na redação do Poder360. Devido às condições climáticas instáveis, com chuva em alguns momentos, muitas pessoas estavam utilizando guarda-chuvas. O Poder360 considerou uma pessoa por guarda-chuva em sua primeira estimativa, resultando em 998 presentes, e duas pessoas por guarda-chuva na segunda estimativa, chegando a 1.347 presentes. A presença de público em eventos é dinâmica, pois as pessoas se deslocam pelo local, resultando em variações na ocupação ao longo do dia. Durante a tarde, algumas áreas apresentaram maior ou menor concentração de pessoas. É importante ressaltar que, nas imagens, não é fácil identificar com precisão o público que está sob árvores ou marquises de prédios. Com informações Poder 360

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado