Em seu "fetiche" com Bolsonaro, Noblat atinge o nível mais absurdo e sórdido Em seu "fetiche" com Bolsonaro, Noblat atinge o nível mais absurdo e sórdido Em seu "fetiche" com Bolsonaro, Noblat atinge o nível mais absurdo e sórdido Pular para o conteúdo principal
;

Em seu "fetiche" com Bolsonaro, Noblat atinge o nível mais absurdo e sórdido

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, estipulou um prazo de 48 horas para que o ex-presidente Jair Bolsonaro esclareça sua estadia na embaixada da Hungria em Brasília, ocorrida durante duas noites.
Moraes ordenou em 8 de fevereiro a retenção do passaporte do ex-presidente, impedindo sua saída do Brasil. Conforme relatado pelo The New York Times, Bolsonaro se hospedou na embaixada húngara nos dias 12 e 14 de fevereiro. Nos bastidores, há um movimento pedindo a prisão preventiva de Bolsonaro. O jornalista Ricardo Noblat chegou ao absurdo de falar em "tornozeleira eletrônica". Certamente, um "fetiche" de Noblat, já que não para de falar sobre uma possível prisão do ex-presidente. A perseguição contra Jair Bolsonaro está cada vez mais cruel! A decisão do ministro Alexandre de Moraes de estipular um prazo de 48 horas para que o ex-presidente Jair Bolsonaro esclareça sua estadia na embaixada da Hungria em Brasília levanta questões sobre a coerência e a imparcialidade do Judiciário. Embora seja legítimo que autoridades investiguem questões relacionadas à conduta de figuras políticas, a rapidez e a intensidade com que essas medidas estão sendo tomadas em relação a Bolsonaro levantam suspeitas sobre motivações políticas por trás da decisão. A retenção do passaporte de Bolsonaro e a subsequente ordem de esclarecimento sobre sua estadia na embaixada parecem ser parte de um esforço concertado para cercear os movimentos do ex-presidente e, potencialmente, criar um ambiente propício para medidas mais drásticas, como a prisão preventiva. O fato de haver rumores nos bastidores sobre a possibilidade de prisão de Bolsonaro, juntamente com comentários sensacionalistas de jornalistas como Ricardo Noblat, só alimenta a percepção de que há uma agenda por trás dessas ações. A atuação da mídia em especular sobre uma possível prisão de Bolsonaro, mesmo antes de quaisquer esclarecimentos formais, sugere um viés claro e uma predisposição para pintar o ex-presidente como culpado antes mesmo de qualquer investigação completa e imparcial. Isso contribui para um clima de perseguição política e injustiça, minando os princípios fundamentais de equidade e presunção de inocência. Em última análise, é crucial que qualquer investigação ou ação legal em relação a Bolsonaro seja conduzida de forma transparente, imparcial e respeitando plenamente seus direitos legais. O Estado de Direito e a justiça devem prevalecer sobre considerações políticas ou partidárias, garantindo que todos sejam tratados igualmente perante a lei.

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado