Sem temer, Bolsonaro responde ao STF e destrói mais uma narrativa Sem temer, Bolsonaro responde ao STF e destrói mais uma narrativa Sem temer, Bolsonaro responde ao STF e destrói mais uma narrativa Pular para o conteúdo principal
;

Sem temer, Bolsonaro responde ao STF e destrói mais uma narrativa

A defesa de Jair Bolsonaro enviou ofício ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), para justificar à ida do ex-presidente à embaixada da Hungria após ter sido alvo de operação da Polícia Federal. No documento, os advogados dele afirmam ser “ilógico” sugerir que a estadia no local era uma tentativa de fuga.
“Diante da ausência de preocupação com a prisão preventiva, é ilógico sugerir que a visita do peticionário [Bolsonaro] à embaixada de um país estrangeiro fosse um pedido de asilo ou uma tentativa de fuga. A própria imposição das recentes medidas cautelares tornava essa suposição altamente improvável e infundada”, dizem os advogados. Vídeos divulgados pelo jornal norte-americano “New York Times” mostram Bolsonaro, quatro dias após ser alvo da Polícia Federal, passando dois dias na embaixada da Hungria, em Brasília. Com o avançar das investigações, Bolsonaro foi acolhido pelo embaixador húngaro Miklós Halmai. "[Bolsonaro] sempre manteve interlocução próxima com as autoridades daquele país, tratando de assuntos estratégicos de política internacional de interesse do setor conservador”, dizem os advogados no ofício. A justificativa da defesa de Jair Bolsonaro para a sua ida à embaixada da Hungria após ter sido alvo de operação da Polícia Federal parece lógica e coerente. A afirmação de que não havia preocupação com a prisão preventiva e que a visita não tinha o propósito de solicitar asilo ou fugir do país é plausível, considerando que Bolsonaro estava em contato frequente com autoridades húngaras e tratava de assuntos internacionais de interesse conservador. A resposta da defesa destaca a aparente incoerência em sugerir que Bolsonaro estaria tentando fugir do país ao visitar a embaixada da Hungria, especialmente após ter sido alvo de medidas cautelares pela Polícia Federal. Essa explicação busca esclarecer a natureza da visita, destacando o contexto diplomático e as relações políticas pré-existentes entre Bolsonaro e as autoridades húngaras. Ao apresentar essa argumentação, a defesa busca demonstrar que a estadia de Bolsonaro na embaixada da Hungria foi motivada por razões legítimas e não por um desejo de escapar da Justiça brasileira. A resposta da defesa ressalta a importância de considerar o contexto completo da situação antes de fazer suposições precipitadas ou infundadas sobre as ações do ex-presidente.

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado