Roberto Cabrini é impedido de entrar na Ilha de Marajó para reportagem sobre exploração s3xu@l Roberto Cabrini é impedido de entrar na Ilha de Marajó para reportagem sobre exploração s3xu@l Roberto Cabrini é impedido de entrar na Ilha de Marajó para reportagem sobre exploração s3xu@l Pular para o conteúdo principal
;

Roberto Cabrini é impedido de entrar na Ilha de Marajó para reportagem sobre exploração s3xu@l


O renomado jornalista investigativo Roberto Cabrini teve sua entrada na Ilha de Marajó, no Pará, barrada ao tentar realizar uma reportagem sobre as graves denúncias de exploração s3xual de crianças e tráfico de menores de idade na região.

As acusações, que não são novas, ganharam nova atenção após a repercussão da música “Evangelho de fariseus”, da cantora Aymeê, que destaca os problemas sociais e ambientais enfrentados na ilha amazônica. 

Cabrini divulgou um vídeo conversando com seguranças sobre sua impossibilidade de entrar no local. O jornalista foi ao local para gravar a matéria que está programada para o programa Domingo Espetacular, na Record TV.


Segundo a cantora Aymeê, é comum crianças de 5 a 7 anos se prostituírem em troca de valores ínfimos, um cenário que choca pela normalização da ped0filia e exploração s3xual.

As declarações da cantora reacenderam o debate sobre essas questões, que já haviam sido denunciadas anteriormente, inclusive pela ex-ministra dos Direitos Humanos, Damares Alves, que chegou a ser criticada e chamada de “louca” ao levantar tais acusações. 

Em resposta às atuais discussões, artistas e influenciadores iniciaram a campanha #justicaporMarajo, exigindo soluções para os crimes relatados.

No passado, o Ministério Público Federal processou Damares e a União, pedindo indenização de R$ 5 milhões à população do Marajó por supostas falsas acusações de “práticas s3xuais violentas e t0rturas com crianças”, embora a ex-ministra refute tais alegações, enfatizando sua luta contra os abusadores e exploradores s3xuais na região.

Apesar dos esforços e das campanhas realizadas, como o programa “Abrace o Marajó”, lançado durante a gestão de Damares, os problemas persistem, agravados pela pandemia e por mudanças políticas que interromperam ou redirecionaram os recursos destinados à região.

 Agora, com a nova visibilidade dada pelo engajamento de Aymeê e outros artistas, espera-se que a sociedade e as autoridades se mobilizem de forma mais efetiva para proteger as crianças do Marajó e combater os crimes que há décadas assolam a ilha.

Fonte: horabrasilia.com.br

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado