Moraes apresenta tese sobre milícia digital e exalta ele mesmo Moraes apresenta tese sobre milícia digital e exalta ele mesmo Moraes apresenta tese sobre milícia digital e exalta ele mesmo Pular para o conteúdo principal
;

Moraes apresenta tese sobre milícia digital e exalta ele mesmo

O ministro do STF e atual presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Alexandre de Moraes, apresentou uma tese sobre milícia digital e golpismo para concorrer a uma vaga de professor titular na Faculdade de Direito da USP. A informação foi divulgada pela Folha de S. Paulo e confirmada por O Antagonista. No material, de 298 páginas obtido por este site, o magistrado exalta a sua própria atuação como presidente da Corte e, em determinado ponto da tese, ele afirma que “a atuação do TSE impediu que a desinformação acabasse por prejudicar o 2º turno das eleições”. O nome da tese? “O Direito Eleitoral e o Novo Populismo Digital Extremista”. “As ‘milícias digitais’ ampliaram sua atuação, amplificando a desinformação com maciços ataques de notícias fraudulentas e discursos de ódio e antidemocráticos, inclusive contra a higidez das urnas eletrônicas e a imparcialidade da Justiça Eleitoral”, diz o ministro em determinado trecho da tese. Alexandre de Moraes é o relator dos inquéritos que miram as milícias digitais no STF e que também mira o ex-presidente da República Jair Bolsonaro. Moraes também é o relator da investigação que apura um suposto plano para ser instituir um golpe de estado no Brasil. Na sua tese, o ministro defende um maior controle do Poder Judiciário para se combater a desinformação, a propagação de notícias fraudulentas e discursos de ódio. O material também tem críticas às big techs, principalmente relacionados à falta de transparência “na metodologia e no processo decisório dos algoritmos”. Para o professor Moraes, a sugestão de conteúdo determinada pelos aplicativos “tornou-se um grande risco durante as campanhas eleitorais, em razão da alta probabilidade de induzimento do voto do eleitor. ” “A gravidade dessa falta de transparência das novas tecnologias ficou acentuada quando grupos políticos – que denomino nessa tese de ‘o novo populismo digital extremista’, com a única e específica finalidade de obtenção de poder a qualquer custo – passaram a utilizar as redes sociais e os serviços de mensageria privada, sem quaisquer limites legais e éticos, para a disseminação massiva de desinformação, de notícias fraudulentas e de discursos de ódio”, defendeu o ministro em sua tese. Alguns trechos da tese foram fundamentados com um estudo feito por José Levi Júnior, que atuou como Advogado-Geral da União do governo Jair Bolsonaro. Levi é de uma assessora do ministro Gilmar Mendes. Em determinado trecho, Moraes afirma o seguinte em uma nota de rodapé: “Em um excelente estudo monográfico, José Levi Mello do Amaral Júnior discorre sobre as principais teorias referentes às imunidades parlamentares – Blackstoniana e a de Stuart Mill – e como balizaram as previsões de imunidades em diversos ordenamentos jurídico”. A Faculdade de Direito da Usp escolhe a banca examinadora do concurso nesta quinta-feira, 29. Depois, o seletivo seguirá para as próximas fases até a escolha do novo professor titular.

O Antagonista

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado