Bonner e Renata sentem na pele o avanço das facções criminosas Bonner e Renata sentem na pele o avanço das facções criminosas Bonner e Renata sentem na pele o avanço das facções criminosas Pular para o conteúdo principal
;

Bonner e Renata sentem na pele o avanço das facções criminosas

Situação se Agrava e Bonner e Renata Sentem na Pele o Avanço das Facções Criminosas

A segurança dos renomados jornalistas William Bonner e Renata Vasconcellos, âncoras do Jornal Nacional, foi intensificada pela direção da emissora em resposta ao avanço das facções criminosas no país. O reforço na proteção não se limita apenas à dupla principal, mas se estende a outros profissionais que cobrem os dias de folga da equipe, garantindo segurança no trajeto de ida e volta à emissora.


Essa decisão foi motivada após a emissora permitir que as reportagens dos telejornais mencionem explicitamente as siglas de organizações criminosas. Embora ainda seja comum em alguns veículos de comunicação evitar mencionar essas siglas, visando não promover as organizações e proteger os profissionais envolvidos, a emissora optou por reavaliar essa política.

O entendimento é de que omitir a identificação das facções poderia gerar incerteza sobre os responsáveis por diversos atos criminosos frequentemente abordados na programação, comprometendo a integridade dos jornalistas e a segurança da equipe.

A preocupação com a segurança de Bonner e Vasconcellos é uma prioridade para a emissora, especialmente após incidentes anteriores. Em um episódio marcante, Renata Vasconcellos foi alvo de um indivíduo que invadiu a sede no Jardim Botânico com a intenção de sequestrá-la. Na ocasião, uma repórter foi feita refém, exigindo a intervenção policial para garantir a segurança de todos os envolvidos.

Essa não é a primeira vez que as medidas de segurança dos apresentadores são revistas. Durante a cobertura das eleições presidenciais, as precauções foram intensificadas devido ao clima de tensão e polarização política que envolveu o país naquele período.


O avanço das facções criminosas e a crescente violência têm gerado preocupação não apenas entre os profissionais de imprensa, mas também na sociedade em geral. A sensação de insegurança afeta a rotina de milhões de brasileiros, e a mídia desempenha um papel fundamental ao informar e conscientizar a população sobre os desafios enfrentados pelo país.

Diante desse cenário, a decisão da emissora de reforçar a segurança dos jornalistas representa um passo importante na proteção dos profissionais e na garantia da liberdade de imprensa. No entanto, fica evidente a urgência de medidas mais abrangentes para enfrentar o problema da criminalidade e garantir a segurança de todos os cidadãos.

Jornal da Cidade

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado