Trump é condenado a pagar quantia milionária e absurda a jornalista Trump é condenado a pagar quantia milionária e absurda a jornalista Trump é condenado a pagar quantia milionária e absurda a jornalista Pular para o conteúdo principal
;

Trump é condenado a pagar quantia milionária e absurda a jornalista

Nesta sexta-feira, 26, um júri federal determinou que o ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, deverá pagar uma indenização de 83,3 milhões de dólares a E. Jean Carroll. A jornalista acusou o político de difamar sua reputação ao negar, quase três décadas atrás, a acusação de estupro que ela fez.

A decisão foi anunciada rapidamente, em menos de três horas, pelo júri composto por sete homens e duas mulheres. No ano anterior, Trump já havia sido considerado culpado por agressão sexual, embora não por estupro, sendo condenado a pagar US$ 5 milhões em danos a Carroll.

Em uma série de falas polêmicas, em 2019, Trump chamou o caso de uma “trapaça completa” utilizada como uma forma de atrair publicidade para os livros da escritora. As declarações renderam ao republicano uma acusação de difamação. Ele nega qualquer irregularidade.

Este julgamento é apenas uma amostra do calendário de 2024 para Trump, que terá que se dividir entre eventos de campanha e aparições em tribunais. Além do caso civil de difamação, ele enfrenta uma acusação civil, também em Nova York, por fraude e enriquecimento ilícito por meio de sua empresa, a Trump Organization. 

O republicano foi indiciado ainda em quatro casos da esfera criminal: Transações financeiras ilegais: em 2016, Trump teria realizado pagamentos secretos a uma ex-atriz pornô, para acobertar um suposto affair que mancharia sua campanha presidencial. As transferências foram feitas por meio de seu advogado e taxadas de “gastos com a campanha”; 

Documentos ultrassecretos: depois de deixar o Salão Oval após ser derrotado pelo presidente Joe Biden em 2020, o republicano levou para sua residência pessoal na Flórida, de forma irregular, dezenas de caixas de arquivos confidenciais do governo, incluindo supostos documentos ligados ao arsenal nuclear americano;

Interferência eleitoral na Geórgia: o caso acusa Trump de formar uma organização criminosa para reverter os resultados da eleição de 2020 no estado, fazendo uso de uma lei para combater a máfia, conhecida como RICO;

Interferência eleitoral: semelhante à acusação da Geórgia, o caso federal indiciou o ex-presidente por conspiração, na tentativa de anular os resultados da eleição de 2020, alimentando teorias da conspiração sobre fraude eleitoral que levaram à invasão do Capitólio americano por eleitores trumpistas.

VEJA

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado