Michelle Bolsonaro vai pra cima com tudo de pessoas do PT após ameaças Michelle Bolsonaro vai pra cima com tudo de pessoas do PT após ameaças Michelle Bolsonaro vai pra cima com tudo de pessoas do PT após ameaças Pular para o conteúdo principal

Michelle Bolsonaro vai pra cima com tudo de pessoas do PT após ameaças

A ex-primeira-dama e presidente do PL Mulher, Michelle Bolsonaro disse neste domingo (14.jan.2024) que irá processar “representantes” do PT (Partido dos Trabalhadores) por “ataques” feitos contra ela.

“Informo que as ações judiciais cabíveis já foram iniciadas e que, diante do histórico violento da militância da esquerda, as medidas preventivas de segurança foram reforçadas.”


Michelle esteve envolvida em uma série de embates com pessoas ligadas ao PT nos últimos dias. A 1ª foi quando a sindicalista e professora, Elenira Vilela, disse que há a necessidade de “destruir politicamente” e “quiçá de outras formas” a ex-primeira-dama.

A fala se deu durante uma live realizada em dezembro de 2023, mas que viralizou em 11 de janeiro. O ex-deputado federal e ex-presidente do PT, José Genoíno, também estava presente. Elenira chegou a ser candidata a vereadora em Florianópolis (SC) pela sigla em 2020.

Depois do episódio, o PL emitiu uma nota de repúdio à fala feita na live. “A gravidade da ameaça proferida pela mulher filiada ao PT contra a integridade de Michelle Bolsonaro está nítida e engloba, segundo as palavras dessa militante petista, não só uma destruição política e judicial, mas uma variedade de outras possibilidades”.

Em março de 2023, Michelle tomou posse como presidente do PL Mulher, ala interna do Partido Liberal. Desde esse momento, seu protagonismo na cena política tem crescido, ao igual que a sua participação nas redes sociais.

Dias antes, em 5 de janeiro, a influenciadora petista Karina Santos – conhecida pelas críticas a bolsonaristas– teve seu perfil divulgado pela página no Instagram de Michelle Bolsonaro. Karina, que é de Recife, disse ter recebido ameaças e xingamentos de internautas depois da postagem.

A Polícia Civil de Pernambuco abriu uma investigação sobre o caso. A influenciadora afirmou em outra publicação na rede social que as autoridades identificaram “quase todas as pessoas” responsáveis pelas ameaças.

Em 13 de janeiro, a deputada federal e atual presidente do PT, Gleisi Hoffmann (PT-PR), saiu em defesa de Elenira e Karina afirmando que Michelle Bolsonaro “gosta de se fazer de santa”. Hoffmann disse que Michelle “usa todos os métodos covardes do bolsonarismo” para tentar calar mulheres ligadas ao PT.

Eis a íntegra do post de Michelle Bolsonaro

“Agradeço a cada um de vocês pelas mensagens de apoio e de preocupação diante da covarde ameaça e dos ataques feitos por representantes do PT contra mim

“Informo que as ações judiciais cabíveis já foram iniciadas e que, diante do histórico violento da militância da esquerda, as medidas preventivas de segurança foram reforçadas.

“Deus está no comando… Sempre!!

“Somente com os teus olhos, contemplarás e verás o castigo dos ímpios. Pois disseste: O Senhor é o meu refúgio. Fizeste do Altíssimo a tua morada. Nenhum mal te sucederá, praga nenhuma chegará à tua tenda. Porque aos anjos dará ordens a teu respeito, para que te guardem em todos os teus caminhos. (Salmos 91:8 – 11)”

Poder 3060
VOCÊ PODE NOS AJUDAR COM DOAÇÕES DE QUALQUER VALOR ATRAVÉS DO PIX:EMAIL:JORNALDADIREITAONLINE@OUTLOOK.COM

Postagens mais visitadas deste blog

Gigante atacadista fechará suas últimas 24 lojas e encerrará suas atividades no Brasil

A rede atacadista Makro encerrará suas atividades no Brasil, fechando as últimas 24 lojas ainda em atividade no país. Foram 50 anos de história em solo brasileiro, ultrapassando a marca de 50 lojas espalhadas por vários estados. Nos últimos anos, a empresa repassou 30 lojas para o Atacadão, captando R$ 1,95 bilhão com a venda. Agora, a empresa contratou o Santander para encontrar um comprador para as lojas remanescentes e espera obter R$ 2 bilhões, de acordo com o Estadão. A rede Makro é administrada pelo grupo holandês SHV que desistiu de competir com outras redes atacadistas disponíveis no Brasil. Além desta razão, segundo a reportagem, é que a matriz já deixou de atuar como varejista na Europa há mais de 20 anos e também está encerrando suas lojas na Ásia e na África. Pleno News

Homem interrompe Globo ao vivo em velório de crianças em Blumenau: “Sangue do meu sobrinho está nas mãos de vocês, vagabundos”; ASSISTA AO VÍDEO

O velório das quatro crianças que morreram no ataque à creche em Blumenau ocorre ao longo desta quinta-feira (6), na cidade catarinense.  Durante uma entrada ao vivo do repórter Felipe Sales na TV Globo em frente ao cemitério, um homem interrompeu a transmissão. “O sangue do meu sobrinho está nas mãos de vocês, seus vagabundos”, disse, batendo palmas ao lado do repórter. Homem interrompe Globo ao vivo em velório de crianças em Blumenau e dispara: ‘Sangue do meu sobrinho está nas mãos de vocês’ #GloboLixo pic.twitter.com/xfW7xnxPWl — SAM - The Detective of ZV 🕵🏻‍♂️ (@Samhds2) April 6, 2023

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n