Brasília terá mutirão de alistamento militar para transsexuais Brasília terá mutirão de alistamento militar para transsexuais Brasília terá mutirão de alistamento militar para transsexuais Pular para o conteúdo principal

Brasília terá mutirão de alistamento militar para transsexuais

A Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF) vai promover o 1º Mutirão de Alistamento Militar de Homens Trans e Pessoas Transmasculinas.

Em parceria com a Junta do Serviço Militar, o Núcleo de Promoção e Defesa dos Direitos Humanos (NDH) fará o mutirão, na próxima segunda-feira (29/1) – Dia Nacional da Visibilidade Trans – na Administração Regional do Plano Piloto.

O alistamento será voltado a quem já retificou nome e gênero nos documentos civis. Para o Defensor Público e chefe do NDH, Ronan Figueiredo, a promoção de mutirões de alistamento militar para homens trans e pessoas transmasculinas é “de grande importância”.

“A ação inclui e reconhece a identidade de gênero, elimina barreiras discriminatórias, promove a diversidade nas Forças Armadas, conscientiza e educa, além de desenvolver políticas inclusivas”, afirmou Ronan.

Programação

O alistamento será das 8h às 14h, no auditório da Administração Regional do Plano Piloto, no Setor Bancário Norte (SBN), Quadra 2, Bloco K, Ed. Wagner, segundo subsolo.

Para participar, é necessário entrar em contato com o NDH, pelo telefone 61 982-442-516 e manifestar interesse em participar da seleção ou informar se precisará do documento de dispensa.

Também é preciso encaminhar cópia de documento oficial com foto (carteira de motorista, de identidade, de trabalho ou passaporte); do cadastro de pessoa física (CPF); da nova Certidão de Nascimento; e de comprovante de residência.
Taxas

Para quem fez a mudança de nome e gênero há mais de 30 dias, é necessário pagar a multa de alistamento fora do prazo e a taxa de emissão do Certificado de Dispensa de Incorporação, ambas no valor de R$ 5,91.

O pagamento é feito via Pix, por meio da leitura de QR code. Para quem não puder efetuar os pagamentos, será possível fazer pedido de isenção das taxas pelo NDH.

Os participantes deverão se atentar para as regras sobre vestimentas e usar obrigatoriamente calça, tênis ou sapato e camisa ou camiseta – é proibido o uso de roupa do tipo regata. Além disso, não é permitido usar adereços na cabeça, como bonés ou chapéus.

Metrópoles

Postagens mais visitadas deste blog

Gigante atacadista fechará suas últimas 24 lojas e encerrará suas atividades no Brasil

A rede atacadista Makro encerrará suas atividades no Brasil, fechando as últimas 24 lojas ainda em atividade no país. Foram 50 anos de história em solo brasileiro, ultrapassando a marca de 50 lojas espalhadas por vários estados. Nos últimos anos, a empresa repassou 30 lojas para o Atacadão, captando R$ 1,95 bilhão com a venda. Agora, a empresa contratou o Santander para encontrar um comprador para as lojas remanescentes e espera obter R$ 2 bilhões, de acordo com o Estadão. A rede Makro é administrada pelo grupo holandês SHV que desistiu de competir com outras redes atacadistas disponíveis no Brasil. Além desta razão, segundo a reportagem, é que a matriz já deixou de atuar como varejista na Europa há mais de 20 anos e também está encerrando suas lojas na Ásia e na África. Pleno News

Homem interrompe Globo ao vivo em velório de crianças em Blumenau: “Sangue do meu sobrinho está nas mãos de vocês, vagabundos”; ASSISTA AO VÍDEO

O velório das quatro crianças que morreram no ataque à creche em Blumenau ocorre ao longo desta quinta-feira (6), na cidade catarinense.  Durante uma entrada ao vivo do repórter Felipe Sales na TV Globo em frente ao cemitério, um homem interrompeu a transmissão. “O sangue do meu sobrinho está nas mãos de vocês, seus vagabundos”, disse, batendo palmas ao lado do repórter. Homem interrompe Globo ao vivo em velório de crianças em Blumenau e dispara: ‘Sangue do meu sobrinho está nas mãos de vocês’ #GloboLixo pic.twitter.com/xfW7xnxPWl — SAM - The Detective of ZV 🕵🏻‍♂️ (@Samhds2) April 6, 2023

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n