Barbara denuncia perfis de esquerda após ameaça de morte e difamação Barbara denuncia perfis de esquerda após ameaça de morte e difamação Barbara denuncia perfis de esquerda após ameaça de morte e difamação Pular para o conteúdo principal

Barbara denuncia perfis de esquerda após ameaça de morte e difamação

A influenciadora digital Bárbara Destefani, do canal Te Atualizei, denunciou dois perfis das redes sociais após ter sido vítima de difamação e ameaças de morte. Um dos perfis usou um vídeo de 2021 para insinuar que a influenciadora estaria incitando os atos do 8/1 e outro perfil fez graves ameaças contra a vida de Bárbara.

No vídeo de 2021, a influenciadora canta uma marcha militar, segundo ela, depois de ter ficado impressionada com a performance de uma sargento que comandava o pelotão. Dias depois da postagem de Bárbara, perfis passaram a utilizar aquela publicação como incentivo às manifestações pacíficas do dia 7 de setembro de 2021.


Procurada pela Gazeta do Povo, Bárbara Destefani disse que levará o caso até o fim em busca de Justiça.

“Já é observado desde que o caso Mynd explodiu que os perfis de esquerda atuam escolhendo um alvo e estimulando o cancelamento e o assassinato de reputação. Desta vez, essa página propagou uma mentira com um vídeo falso sobre mim e no post eles pediam o ataque. Em resposta a esse vídeo, outra página promoveu ameaça de morte. Isso é intimidação. Eles querem assustar as pessoas porque eles acham que a internet é território deles. Com a ausência do Judiciário em cima dos atos da esquerda, eles se sentem blindados”, disse Bárbara ao garantir que irá “até o fim” para responsabilizar os perfis pelas ameaças e difamação.

“Eu não vou mais aceitar esse tipo de coisa e nesse caso eu vou até a última instância. Isso vai parar, isso vai ter fim no que depender de mim”, completou.
As publicações

Nesta segunda-feira (8), o perfil da rede social X chamado Pesquisas e Análises Eleições (@pesquisas_elige) repostou o vídeo antigo de Bárbara insinuando que a performance da influenciadora teria como objetivo “incitar um golpe de Estado”, em referência aos atos do dia 8 de janeiro de 2023.

Vale lembrar que nesta segunda (8), o governo Lula (PT), o Supremo Tribunal Federal (STF) e parte do Congresso Nacional realizaram uma cerimônia “pró-democracia” em alusão ao um ano dos atos do 8/1. Atos regionais também foram realizados em algumas capitais pela militância de esquerda, porém, com baixa adesão popular.

Em uma publicação anterior à reprodução do vídeo antigo de Bárbara, o perfil Pesquisas e Análises Eleições pede a ajuda dos seguidores para “engajar” o post subsequente e pede a marcação das “autoridades competentes”.

Ao comentar a publicação do perfil, a influenciadora Bárbara Destefani diz que irá processar a página Pesquisas e Análises Eleições.

Após ser denunciado, o perfil publicou um comunicado defendendo sua “liberdade de expressão”. Além disso, o perfil negou que tenha insinuado que o vídeo de Bárbara tenha sido publicado no contexto do 8 de janeiro de 2023.

“Cadê a liberdade de expressão? Vai me processar? Além disso, eu não disse em momento nenhum que esse vídeo era atual, e sim que ela incitou os atos golpistas pouco antes do dia 08/01, o que é verdade, e que ela cantou uma música do exército para incentivar os militares a darem um Golpe de Estado, em setembro de 2021, o que eu não deixei explícito”, justificou.

Uma segunda página também com perfil de esquerda comentou a publicação de Bárbara com ameaças de morte à influenciadora.

O perfil Na Mira do Repórter (@Brasilpost13_) chamou a influenciadora de “nojenta” e disse que não seria intimidado por ela. Também ameaçou Bárbara: “Seus seguidores não vão te proteger por muito tempo. Tranque bem a porta, fascista imunda”.

O mesmo perfil comentou a justificativa dada pela página Pesquisas e Análises Eleições.

“Pena que ela (Bárbara) seja tão ignorante assim. Mais cedo ou mais tarde essa perua golpista terá o que ela merece: Uma boa cova”, escreveu o perfil.

Imediatamente, Bárbara expôs as ameaças: “A esquerda anuncia que é ameaçada de morte, mas nunca postam provas. Após uma página de esquerda estimular ataques a mim com mentiras, é essa a reação da galera do amor. Tudo salvo em archive e será usado no processo”.


A página @Brasilpost13_ não está mais ativa na rede social X. A página oficial do perfil Na Mira do Repórter é verificada e difere do endereço que ameaçou a influenciadora.

Em nota publicada nesta terça-feira (9), a página oficial do Na Mira do Repórter disse estar sendo vítima do “gabinete do ódio da extrema direita”.

“Nunca ameaçamos ninguém, somos da paz e defendemos o estado democrático de direito, mas se fizeram essa montagem, que nem precisa ser perito para saber que é falsa, é porque estamos incomodando essa quadrilha criminosa, cadê nosso selo de verificado no print fraudulento gado”, escreveu o perfil em uma publicação na rede social X ao apontar as diferenças entre o perfil oficial e a página que fez as ameaças.

Gazeta do Povo
VOCÊ PODE NOS AJUDAR COM DOAÇÕES DE QUALQUER VALOR ATRAVÉS DO PIX:EMAIL:JORNALDADIREITAONLINE@OUTLOOK.COM

Postagens mais visitadas deste blog

Gigante atacadista fechará suas últimas 24 lojas e encerrará suas atividades no Brasil

A rede atacadista Makro encerrará suas atividades no Brasil, fechando as últimas 24 lojas ainda em atividade no país. Foram 50 anos de história em solo brasileiro, ultrapassando a marca de 50 lojas espalhadas por vários estados. Nos últimos anos, a empresa repassou 30 lojas para o Atacadão, captando R$ 1,95 bilhão com a venda. Agora, a empresa contratou o Santander para encontrar um comprador para as lojas remanescentes e espera obter R$ 2 bilhões, de acordo com o Estadão. A rede Makro é administrada pelo grupo holandês SHV que desistiu de competir com outras redes atacadistas disponíveis no Brasil. Além desta razão, segundo a reportagem, é que a matriz já deixou de atuar como varejista na Europa há mais de 20 anos e também está encerrando suas lojas na Ásia e na África. Pleno News

Homem interrompe Globo ao vivo em velório de crianças em Blumenau: “Sangue do meu sobrinho está nas mãos de vocês, vagabundos”; ASSISTA AO VÍDEO

O velório das quatro crianças que morreram no ataque à creche em Blumenau ocorre ao longo desta quinta-feira (6), na cidade catarinense.  Durante uma entrada ao vivo do repórter Felipe Sales na TV Globo em frente ao cemitério, um homem interrompeu a transmissão. “O sangue do meu sobrinho está nas mãos de vocês, seus vagabundos”, disse, batendo palmas ao lado do repórter. Homem interrompe Globo ao vivo em velório de crianças em Blumenau e dispara: ‘Sangue do meu sobrinho está nas mãos de vocês’ #GloboLixo pic.twitter.com/xfW7xnxPWl — SAM - The Detective of ZV 🕵🏻‍♂️ (@Samhds2) April 6, 2023

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n