Após bater o martelo sobre apoio a candidato de SP, Bolsonaro faz um pedido a Ricardo Salles Após bater o martelo sobre apoio a candidato de SP, Bolsonaro faz um pedido a Ricardo Salles Após bater o martelo sobre apoio a candidato de SP, Bolsonaro faz um pedido a Ricardo Salles Pular para o conteúdo principal

Após bater o martelo sobre apoio a candidato de SP, Bolsonaro faz um pedido a Ricardo Salles

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) orientou o deputado federal Ricardo Salles a não se desfiliar do PL neste momento. O Poder360 apurou que Bolsonaro pediu “calma” ao seu ex-ministro do Meio Ambiente enquanto costura a estratégia para a disputa pela Prefeitura de São Paulo. O ex-presidente sugeriu a Salles que não aceite a oferta do presidente do partido, Valdemar Costa Neto, de sair da legenda para concorrer à eleição por outra sigla.

Salles tenta viabilizar seu nome como candidato do bolsonarismo, mas não tem o apoio do partido. Em junho, anunciou ter desistido da disputa. No começo do outubro, porém, voltou a articular a campanha. Em 12 de dezembro, Bolsonaro disse que Salles fez um “excelente trabalho” em seu governo e que o apoio à candidatura na capital paulista “seria uma oportunidade de recompensá-lo”.

Mas Valdemar já sinalizou que o PL fará campanha pela reeleição do atual prefeito da capital paulista, Ricardo Nunes (MDB). Inicialmente, Bolsonaro aceitou, mas o impasse começou porque Nunes demonstra resistência em ter a imagem vinculada ao ex-presidente, o que poderia prejudicá-lo em um eventual 2º turno.

Há uma avaliação interna de que a rejeição a Bolsonaro é maior que os votos que ele atrai. Na capital paulista, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) saiu vencedor com 53,54% dos votos, contra 46,46% de Bolsonaro. No Estado como um todo, porém, perdeu: teve 44,76% dos votos, ante 55,24% do ex-presidente.

Aliados de Bolsonaro se incomodam com a situação. Fabio Wajngarten, advogado e assessor do ex-presidente, fez críticas nas redes sociais à situação de vai e vem da proximidade com Bolsonaro. “Ninguém, repito, ninguém se apropriará de votos bolsonaristas e deixará Bolsonaro distante. A era dos gafanhotos acabou. Fica a dica”.

No final de novembro, Bolsonaro disse que tem tido que “engolir” os candidatos de Valdemar Costa Neto para as eleições municipais de 2024. “O Valdemar fala que eu mando no partido. Gostaria que fosse verdade, mas a palavra final é dele”, afirmou o ex-presidente em evento do PL.

A sigla espera eleger até 1.500 prefeitos em todo o Brasil em 2024. A popularidade de Bolsonaro será a vitrine dessa estratégia . Enquanto ele e Michelle devem viajar o Brasil para atrair o eleitorado feminino e da 3ª idade, o partido ainda deve explorar as pautas conservadoras de costume.

Se confirmada a intenção de Salles de disputar a Prefeitura de São Paulo, ganha força a tendência de fragmentação do voto de centro-direita na disputa de 2024. Ele dividirá o eleitorado mais conservador com Nunes e com o deputado Kim Kataguiri (União Brasil), que também deve se candidatar. A vitória de um candidato já no 1º turno fica mais difícil.

Poder 360
VOCÊ PODE NOS AJUDAR COM DOAÇÕES DE QUALQUER VALOR ATRAVÉS DO PIX:EMAIL:JORNALDADIREITAONLINE@OUTLOOK.COM

Postagens mais visitadas deste blog

Gigante atacadista fechará suas últimas 24 lojas e encerrará suas atividades no Brasil

A rede atacadista Makro encerrará suas atividades no Brasil, fechando as últimas 24 lojas ainda em atividade no país. Foram 50 anos de história em solo brasileiro, ultrapassando a marca de 50 lojas espalhadas por vários estados. Nos últimos anos, a empresa repassou 30 lojas para o Atacadão, captando R$ 1,95 bilhão com a venda. Agora, a empresa contratou o Santander para encontrar um comprador para as lojas remanescentes e espera obter R$ 2 bilhões, de acordo com o Estadão. A rede Makro é administrada pelo grupo holandês SHV que desistiu de competir com outras redes atacadistas disponíveis no Brasil. Além desta razão, segundo a reportagem, é que a matriz já deixou de atuar como varejista na Europa há mais de 20 anos e também está encerrando suas lojas na Ásia e na África. Pleno News

Homem interrompe Globo ao vivo em velório de crianças em Blumenau: “Sangue do meu sobrinho está nas mãos de vocês, vagabundos”; ASSISTA AO VÍDEO

O velório das quatro crianças que morreram no ataque à creche em Blumenau ocorre ao longo desta quinta-feira (6), na cidade catarinense.  Durante uma entrada ao vivo do repórter Felipe Sales na TV Globo em frente ao cemitério, um homem interrompeu a transmissão. “O sangue do meu sobrinho está nas mãos de vocês, seus vagabundos”, disse, batendo palmas ao lado do repórter. Homem interrompe Globo ao vivo em velório de crianças em Blumenau e dispara: ‘Sangue do meu sobrinho está nas mãos de vocês’ #GloboLixo pic.twitter.com/xfW7xnxPWl — SAM - The Detective of ZV 🕵🏻‍♂️ (@Samhds2) April 6, 2023

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n