Voluntário israelense afirma que terrorista do Hamas assou bebê até a morte Voluntário israelense afirma que terrorista do Hamas assou bebê até a morte Voluntário israelense afirma que terrorista do Hamas assou bebê até a morte Pular para o conteúdo principal
;

Voluntário israelense afirma que terrorista do Hamas assou bebê até a morte

Um voluntário israelense, que ajudou as vítimas dos ataques do Hamas em 7 de outubro, divulgou um vídeo no qual relata as cenas a que assistiu no dia do massacre. Ele contou a história nas redes sociais, na terça-feira 31.


Asher Moskowitz esteve no Kfar Aza, um kibutz massacrado pelos terroristas próximo à Faixa de Gaza. Entre as cenas, viu o corpo de um bebê assado no forno de uma casa.

Mais de 100 civis foram mortos no kibutz. O voluntário, que faz parte do grupo de primeiros socorros Hatzalah, disse que, no quarto dia depois dos ataques, esteve também na Base Militar de Shura. Ali Israel tenta identificar os mortos, para ajudar a descarregar os caminhões e dar suporte às famílias das vítimas. Foi lá que Moskowitz testemunhou a imagem que mais o marcou.

“Cinco ou seis caminhões levaram, em sacos, os corpos das vítimas no kibutz até a Base Militar”, relatou. “Infelizmente estavam horrivelmente desfigurados, com ferimentos graves, incluindo pessoas que foram queimadas vivas.”


Moskowitz relembra que, em um dos caminhões, havia uma pequena sacola em que presumiram conter partes de um corpo adulto ou um bebê.

De acordo com o voluntário, no dia seguinte, os legistas disseram a ele que o bebê foi queimado ainda vivo no forno da casa da família, depois de os terroristas terem assassinado os pais dele. “Eles cozinharam o bebê ainda vivo”, disse.
Quarto em kibutz após o ataque de 7 de outubro
O quarto de uma criança no kibutz Kfar Aza, após o ataque dos terroristas do Hamas | Foto: Reprodução/Ministério das Relações Exteriores de Israel 
As FDI deram detalhes de bebês decapitados e outros queimados

As Forças de Defesa de Israel (FDI) já divulgaram detalhes de bebês encontrados decapitados. Segundo as autoridades israelenses, um deles foi arrancado do ventre materno, esfaqueado e queimado em forno.

As forças israelenses também mostraram imagens dos restos mortais de crianças carbonizadas.

Em 23 de outubro, Israel fez uma exibição privada para mais de 200 jornalistas estrangeiros, mostrando 43 minutos de imagens brutas do massacre de 7 de outubro. De acordo com as autoridades israelenses, o intuito era “inibir as negações” das atrocidades feitas pelo Hamas e que estavam sendo fomentadas por parte da mídia em todo o mundo.
militares israelenses levam corpos das vítimas
O trabalho de resgate dos corpos das vítimas do Hamas contou com o apoio de militares e voluntários de grupos humanitários de Israel | Foto: Reprodução/Instagram/Sabrina Scampini
“Devemos mostrar ao mundo estas cenas horríveis”, endossou Moskowitz. “Temos de dizer ao mundo que é impossível negar o que estes selvagens fizeram.”

Mais de 1,4 mil pessoas foram mortas em Israel durante o ataque dos terroristas do Hamas, entre elas, mais de 800 civis.

Revista Oeste

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado