Servidores federais protestam nesta terça por reajuste e contra reforma Servidores federais protestam nesta terça por reajuste e contra reforma Servidores federais protestam nesta terça por reajuste e contra reforma Pular para o conteúdo principal
;

Servidores federais protestam nesta terça por reajuste e contra reforma


Servidores federais protestam nesta terça-feira (3/10) por maior reajuste salarial em 2024 e contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 32/2020, que estabelece a reforma administrativa no serviço público. Várias carreiras realizam atos e mobilizações hoje, defendendo também suas pautas individuais, como recomposição de quadros.

Um grupo de servidores realiza ato em frente ao Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos (MGI). Entre as entidades presentes estão o Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário (Sindjus), o Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Distrito Federal (Sindsep-DF), a Federação Nacional dos Sindicatos de Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social (Fenasps) e o Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes).

Os servidores estão insatisfeitos com o montante alocado pelo governo federal no Orçamento de 2024 para reajuste salarial. Segundo estimativa, o valor contempla apenas um aumento de 1%. Em 2023, após negociação com o governo, o reajuste foi de 9%. Porém, os servidores defendem que o valor não cobre as perdas inflacionárias dos últimos anos, especialmente após a pandemia da covid-19 e a guerra entre Rússia e Ucrânia. Para algumas carreiras, a defasagem é de quase 50% .

Paralisações

O Dia Nacional de Mobilização foi aprovado em 16 de setembro pelos servidores durante a Plenária Nacional dos Servidores Públicos Federais, promovida pelo Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe), pelo Fórum Nacional de Carreiras Típicas de Estado (Fonacate) e pelas Centrais Sindicais. As ações previstas para a semana também incluem mobilizações junto a parlamentares no Congresso Nacional, amanhã (4).

Os auditores representados pelo Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários (Anffa Sindical), por exemplo, trabalham hoje sem acessar os sistemas eletrônicos do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa). Na prática, a ação não impede acesso aos processos eletrônicos usados na liberação de cargas vivas e perecíveis, fiscalização de bagagens em aeroportos, acompanhamento de abates e emissão de certificados, ações consideradas essenciais. As demais atividades, porém, não essenciais, são afetadas.

"A medida é uma forma de protesto contra a PEC 32, que prevê a reforma administrativa. Desde 2017, sem aumento salarial, a categoria também luta por reajuste na remuneração", explicou a entidade, em nota.

As mobilizações ocorrem em todo o país. No próximo sábado (7) será realizada a próxima Plenária Nacional, que debaterá os resultados da mobilização e o possível endurecimento das paralisações. Os servidores não descartam a realização de greves.

O Correio entrou em contato com o Ministério da Gestão, mas não obteve retorno até a última edição desta matéria. O espaço permanece aberto.

FONTE: Victor Correia - Correio Braziliense

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado