Macron confirma que polícia neutralizou outro atentado Macron confirma que polícia neutralizou outro atentado Macron confirma que polícia neutralizou outro atentado Pular para o conteúdo principal
;

Macron confirma que polícia neutralizou outro atentado

Nesta sexta-feira (13), o presidente da França, Emmanuel Macron, confirmou que foi neutralizada uma nova tentativa de atentado na região de Paris, após um ataque contra uma escola na cidade de Arras, onde um ex-aluno islâmico checheno matou um professor e deixou outras duas pessoas feridas, incidente que está sendo investigado como atentado terrorista.


– Uma intervenção hoje permitiu impedir mais uma tentativa de atentado – anunciou Macron em breve declaração em Arras, sem dar mais detalhes.

A imprensa francesa noticiou que um homem armado com uma faca de cozinha foi detido nos arredores de uma escola quando saía de uma mesquita na cidade de Limay, no departamento de Yvelines, na área metropolitana de Paris. Macron garantiu que o seu país não vai “ceder ao terror” após o ataque islamita que matou um professor do ensino secundário em Arras. O governante denunciou a “barbárie terrorista” no próprio Liceu Gambetta, onde ocorreu o ataque desta manhã, cometido por um checheno de 20 anos.


O professor assassinado interveio quando viu o agressor, um ex-aluno da escola, e a sua ação, juntamente com a do diretor e de outros funcionários, “salvou muitas vidas”, conforme explicou o presidente.

Macron parabenizou a polícia pela rapidez da sua ação, uma vez que chegou ao centro em quatro minutos para prender o agressor e proteger a escola, sendo “evitada uma tragédia muito mais grave”.

Um irmão de 16 anos do autor do ataque e duas outras pessoas também foram detidas, de acordo com fontes policiais citadas por vários jornais franceses.

O mandatário também destacou a decisão do diretor da escola de abrir as portas amanhã de forma simbólica.

– Foi decidido não ceder ao terror. Vamos permanecer unidos e de pé – disse o presidente francês.

*EFE

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n

Thiago Pavinatto se pronuncia após saída da Jovem Pan

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22) . A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Em alguns posts nas redes o apresentador comentou o seguinte: "Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. Eu jamais, JAMAIS, pediria desculpas por me revoltar contra um desembargador que inocentou um pedófilo septuagenário argumentando que a criança estuprada era prostituta e drogada. Não fui demitido: disse, com paz de espírito, que preferia perder o contrato a perder a decência. Essa é a versão oficial da minha saída da Jovem Pan. — Pavinatto (@Pavinatto) August 23, 2023

Herói sem capa: Policial enfrenta sozinho trio de criminosos que mantinham família refém e salva todos, (Veja o Vídeo)

Imagens de câmera de monitoramento mostram o momento em que um brigadiano sozinho salva um casal e uma criança feitos reféns durante assalto na noite de terça-feira (1º) em Estância Velha.  O confronto aconteceu uma agropecuária na Rua Walter Klein, no bairro Bela Vista. Nas cenas, o policial militar aparece armado em uma área externa da agropecuária. Em seguida, dois criminosos saem segurando as vítimas, que são seguidas por um cordeiro. "Foi uma situação inédita para mim", diz policial que salvou família refém de assalto em agropecuária de Estância Velha Criminoso que morreu após ser baleado durante assalto com reféns em Estância Velha usava tornozeleira eletrônica No momento em que os criminosos se aproximam de um carro estacionado em frente ao local, o policial se distancia em meio à rua. Os criminosos tentam embarcar com os reféns, mas o agente dispara um tiro em direção ao carro. O delegado de Estância Velha, Rafael Sauthier, explica que uma policial teria chegado