Deputados da bancada da bala ameaçam uso da PM em manifestação pró-Hamas Deputados da bancada da bala ameaçam uso da PM em manifestação pró-Hamas Deputados da bancada da bala ameaçam uso da PM em manifestação pró-Hamas Pular para o conteúdo principal

Deputados da bancada da bala ameaçam uso da PM em manifestação pró-Hamas


 
Deputados da Comissão de Segurança Pública da Câmara decidiram na tarde desta terça-feira (10/10) chamar a Polícia Militar do Distrito Federal para impedir uma manifestação que está sendo anunciada nas redes sociais a favor do povo palestino. Há previsão desses atos em outras capitais do país.

Para os deputados desse grupo, a "bancada da bala", se trata de uma manifestação em apoio ao grupo terrorista extremista Hamas, que conta com a presença de terroristas e que mataram centenas de israelenses nos últimos dias.

No site da Central Única dos Trabalhadores (CUT), por exemplo, esses atos são divulgados como "manifestações em diversas cidades em solidariedade ao povo palestino, vítima de bombardeios e de uma declaração de cerco total pelo Estado de Israel, após os ataques promovidos pelo Hamas, que matou centenas de pessoas".

O deputado Tenente Zucco (Republicanos-RS), que presidiu da CPI do MST, afirmou que o movimento está apoiando esse ato e que ele classificou como um apoio ao Hamas. "É inadmissível, irresponsável que um movimento criminoso (o MST), claramente apoiado por esse governo, esteja enaltecendo o Hamas, esse grupo criminoso", disse Zucco.

O presidente da comissão de Segurança, Ubiratan Sanderson (PL-RS), disse que a manifestação pode ser caracterizada como um "ato criminoso, que faz apologia ao terrorismo" e anunciou que iria acionar a Polícia Militar para coibir o ato.

"O deputado Zucco apresentou aqui uma notícia-crime, para que a gente proceda", disse, em dúvida se a atuação deveria ser feita pela PM, a Polícia Civil ou até a Polícia Federal. O deputado Sargento Fahur (PSD-PR) sugeriu chamar a PM. "Melhor avisar a PM, que tem mais bomba e gás", disse.

A comissão aprovou uma moção de repúdio aos ataques do Hamas contra os israelenses, proposta apresentada por Eduardo Bolsonaro (PL-SP), e os deputados do colegiado fizeram um minuto de silêncio em apoio a Israel.

O deputado Delegado Paulo Bilynskyj (PL-SP) disse que o chamamento para o ato "a favor do Hamas" está circulando nos grupos de WhatsApp de estudantes da Universidade de Brasília (UnB). Um dos deputados disse que após parlamentares denunciaram a manifestação, postagens teriam sido apagadas.


FONTE: Evandro Éboli - Correio Braziliense

VOCÊ PODE NOS AJUDAR COM DOAÇÕES DE QUALQUER VALOR ATRAVÉS DO PIX:EMAIL:JORNALDADIREITAONLINE@OUTLOOK.COM

Postagens mais visitadas deste blog

Gigante atacadista fechará suas últimas 24 lojas e encerrará suas atividades no Brasil

A rede atacadista Makro encerrará suas atividades no Brasil, fechando as últimas 24 lojas ainda em atividade no país. Foram 50 anos de história em solo brasileiro, ultrapassando a marca de 50 lojas espalhadas por vários estados. Nos últimos anos, a empresa repassou 30 lojas para o Atacadão, captando R$ 1,95 bilhão com a venda. Agora, a empresa contratou o Santander para encontrar um comprador para as lojas remanescentes e espera obter R$ 2 bilhões, de acordo com o Estadão. A rede Makro é administrada pelo grupo holandês SHV que desistiu de competir com outras redes atacadistas disponíveis no Brasil. Além desta razão, segundo a reportagem, é que a matriz já deixou de atuar como varejista na Europa há mais de 20 anos e também está encerrando suas lojas na Ásia e na África. Pleno News

Homem interrompe Globo ao vivo em velório de crianças em Blumenau: “Sangue do meu sobrinho está nas mãos de vocês, vagabundos”; ASSISTA AO VÍDEO

O velório das quatro crianças que morreram no ataque à creche em Blumenau ocorre ao longo desta quinta-feira (6), na cidade catarinense.  Durante uma entrada ao vivo do repórter Felipe Sales na TV Globo em frente ao cemitério, um homem interrompeu a transmissão. “O sangue do meu sobrinho está nas mãos de vocês, seus vagabundos”, disse, batendo palmas ao lado do repórter. Homem interrompe Globo ao vivo em velório de crianças em Blumenau e dispara: ‘Sangue do meu sobrinho está nas mãos de vocês’ #GloboLixo pic.twitter.com/xfW7xnxPWl — SAM - The Detective of ZV 🕵🏻‍♂️ (@Samhds2) April 6, 2023

Jovem Pan baixa a cabeça e demite Thiago Pavinatto, (Veja o Vídeo)

O apresentador Tiago Pavinatto, do programa Linha de Frente e Os Pingos nos Is, foi demitido da Jovem Pan nesta terça-feira (22). A demissão ocorreu após o advogado e comentarista político se recusar a pedir desculpas a um desembargador que foi chamado por ele de “vagabundo tarado”. Nesta segunda (21), Pavinatto comentou a decisão do desembargador Airton Vieira, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), de ter inocentado um acusado de estupro contra uma menina de 13 anos. Exaltado com a notícia, Pavinatto ofendeu o magistrado e, mesmo a emissora pedindo para que ele se desculpasse, o profissional se negou. – A direção da casa está pedindo uma retratação ao desembargador Airton Vieira e eu não vou fazer. E eu deixo claro aqui: eu não vou fazer uma retratação para uma pessoa que ganha dinheiro público, livra um pedófilo, e ainda chama a vítima, de 13 anos de idade, de vagabunda – declarou. E continuou: – Eu me nego a fazer. Estou sendo cobrado insistentemente a me retratar. Eu n